16 de out de 2018

32ª Superminas acontece em BH


Evento é referência em novidades em produtos e serviços, tendências, desenvolvimento profissional eoportunidades de negócios para os setores de supermercados e de padarias
 


As maiores empresas fornecedoras do varejo supermercadista e panificador do País estão confirmadas no 32º Congresso e Feira Supermercadista e da Panificação, a Superminas Food Show 2018.  As áreas de exposição do Expominas estão praticamente esgotadas restando poucos espaços a novos expositores e patrocinadores.A expectativa é que os recordes de expositores e visitantes de 2017 sejam superados na edição 2018.
 Realizada pela Associação Mineira de Supermercados (AMIS) e o Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (AMIPÃO), a Superminas é o segundo maior evento do gênero no País. Em 2017, reuniu 54,7 mil visitantes de 650 municípios mineiros e 27 estados nacionais, além de compradores internacionais. Com 480 estandes, um recorde para o evento, a Superminas gerou negócios da ordem de R$ 1,85 bilhãono ano passado. 
Além das oportunidades comerciais e tendências em serviços e produtos a Superminas é uma grande fomentadora do crescimento profissional. São cerca de 70 apresentações como palestras, talk shows, workshops, visitas técnicas, oficinas e fóruns. 
Negócios - Como forma de incentivar as negociações durante a feira, a AMIS e a AMIPÃO realizam a promoção “Negócios e Relacionamentos”. Por meio dela, o comprador que comprovar a compra dentro do evento poderá concorrer a prêmios, inclusive um automóvel. Outro incentivo é a rodada internacional de negócios promovidadurante o evento.
Pavilhões e espaços - Como um dos principais eventos empresariais do Estado e do país, a Superminas é dividida em dois pavilhões cuja denominação homenageia os mineiros. Osegundo piso, por ondea maior parte do público chega, é denominado “Pavilhão Minas” e o pavilhão do primeiro andar, no mesmo nível das docas, leva o nome de “Pavilhão Gerais”. Dentro de cada pavilhão, como forma de facilitar e orientar o fluxo de compradores, a Superminas é segmentada também em espaços como: Tecnologia; Raízes de Minas; Cervejas Artesanais e Orgânicos; e o Funcionais e Naturais, no Pavilhão Minas. Já o Pavilhão Gerais abriga os espaços da Cachaça; Vinhos e Queijos; Máquinas e Equipamentos; Internacional e o de FLV – Frutas Legumes e Verduras.

Agricultura familiar - Pelo terceiro ano seguido, a Superminas vai abrigar o Circuito Mineiro de Compras Sociais (CMCS), um espaço destinado a pequenos fornecedores da agricultura familiar ou pequenas indústrias. O objetivo é dar a esses negócios aoportunidade de expor e comercializarseus produtos com as redes supermercadistas e padarias. O CMCS é uma parceria com o governo mineiro por meio da Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif).
O Sebrae também participa da Superminas com o programa “Origem de Minas” expondo produtos de empresas com certificado de origem como dos setores de cachaça, café e queijos. 

Potencial de R$ 44 bilhões
A AMIS e a AMIPÃO representam dois setores relevantes para a economia do ponto de vista não só da geração de emprego e renda, mas de prestação de serviços ao cliente. Afinal, em todos os municípios existe pelo menos uma unidade desses ramos de comércio e indústria. Em Minas Gerais, supermercados e padarias representam um potencial de negócios com quase 21,2 mil pontos de venda e faturamento próximo de R$ 44 bilhões.  São mais de 14 mil padarias e 7.173 lojas supermercadistas no Estado, em números finais de 2017. Além dos atuais pontos de venda, esses setores vêm investindo em expansão e modernização em 2018. São pelo menos 60 novas unidades só no segmento supermercadista. 

Evento tem novo logotipo
A marca da Superminas está diferente neste ano. Forte, representativa, inovadora e em sintonia com o mercado. Essas são as características traduzidas pelo novo logotipo, que tem no desenho traços mais modernos e alinhados com a evolução dos setores representados na Superminas: de supermercados e padarias.O antigo vermelho forte com letras brancas e os dizeres “Superminas Food Show - Congresso e Feira Supermercadista e da Panificação” dá lugar a um logotipo que lembra o cifrão e ao mesmo tempo sugere um aperto de mão, elementos que representam negócios e relacionamento comercial.

A marca tem fundo branco e a tipografia “Super Minas Food Show 2018” disposta em três linhas: “Super”, na primeira; “Minas”, na segunda e “Food Show” com a especificação do ano do evento (neste caso, 2018), na terceira linha. As cores das letras são em vermelho e cinza suaves.  Outro elemento do logotipo é o “R” dentro do círculo, característico de “marca registrada”.  Todos os elementos estão mais alusivos aos propósitos desse megaevento empresarial: Negócios, relacionamento e desenvolvimento profissional. 

Nenhum comentário: