2 de jun de 2016

Contato Filmes lança sua primeira série audiovisual no dia 3 de junho, durante a Minas Gerais Audiovisual Expo (MAX), na Serraria Souza Pinto


Pepe Mujica (foto: Rogério Alves) 
No dia 3 de junho, às 9h:30, a Contato Filmes, em parceria com o Estúdio A Criatura e com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), lança a primeira temporada de sua primeira série audiovisual, intitulada “Educação e Cidadania”, durante a Minas Gerais Audiovisual Expo (MAX), na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte.
A série é dividida em 10 episódios, que abordam os seguintes temas: “ativismo e juventude”, “direitos humanos”, “gênero e identidade”, “africanidade”, “juventude e periferia”, “sertão”, “água”, “meio ambiente” e “tecnologia e inovação”. Ou seja, assuntos de extrema importância e relevância no cenário atual.
O décimo episódio tem como entrevistado e figura central o ex-presidente do Uruguai, José Mujica, que fala sobre política, pensamento e a nova ordem mundial. “Diálogos contemporâneos com Pepe Mujica” é como foi batizado este último episódio.
As 10 micronarrativas têm função pedagógica, pois são dedicadas ao complemento do conteúdo didático, propondo um maior envolvimento com os temas abordados em sala de aula. Além de estimular a formação de um olhar crítico, elas servem também para preservar a memória da educação e da cultura brasileiras, já que a iniciativa é voltada ao aprimoramento e à modernização dos conteúdos audiovisuais destinados à formação da juventude.
Cada tema tem sua contextualização histórica, seguida de questionamentos fundamentais e criação de perspectiva de futuro.
Atores sociais das mais diversas áreas participam de toda a temporada, a fim de enriquecer o diálogo e o pensamento. São especialistas, intelectuais e formadores de opinião que, com seus depoimentos, geram uma narrativa dinâmica e atraente para o espectador.
O projeto propõe ainda a construção de um espaço virtual dedicado ao armazenamento de conteúdos audiovisuais com função educacional e cultural. E também a capacitação de educadores na linguagem audiovisual e tecnológica, com o objetivo de aprimoramento e capacitação profissional.
Entre os resultados esperados estão a contribuição para o fortalecimento do mercado audiovisual em Minas Gerais, a formação autônoma de pensadores e educadores, por meio de conteúdos disponibilizados em rede, e a contribuição para o fortalecimento da imagem do Brasil no exterior, como país que promove a diversidade cultural e a troca de experiências e saberes entre povos da América Latina.
A Contato Filmes é uma iniciativa da ONG Contato, e se destina à realização de projetos audiovisuais, visando à promoção das atividades deste segmento cultural, contribuindo para a formação de novos realizadores.
Salão de negócios inédito em seu formato - sendo uma vitrine dos progressos dos setores do audiovisual e do entretenimento - a MAX acontece de 1 a 5 de junho. Aberta aos mercados nacional e internacional, ambiciona ser referência para os profissionais brasileiros do cinema, da televisão e da animação.
São gratuitas as entradas para os painéis – onde haverá apresentações e debates - e rodadas de negócios que acontecerão durante a Minas Gerais Audiovisual Expo. Mas é necessário se credenciar pelo site (minasgeraisaudiovisualexpo.com.br) ou no local do evento.
A Serraria Souza Pinto fica na Avenida Assis Chateaubriand 809, no centro de Belo de Horizonte.


TÍTULOS, SUBTÍTULOS E SINOPSES DA SÉRIE “EDUCAÇÃO E CIDADANIA”


ATIVISMO E JUVENTUDE
“As novas formas de atuação política e os movimentos sociais no mundo contemporaneo”

SINOPSE
O episódio “Ativismo e Juventude” apresenta o contexto da atuação política dos jovens na contemporaneidade. Desde a luta coletiva por direitos básicos até a derrubada de regimes opressores, preconceitos e desigualdades sociais. Ativistas discutem o legado deixado pelos movimentos de rua no século XX e pelas mobilizações em redes do século XXI para as gerações futuras.

***
DIREITOS HUMANOS
“O legado histórico da luta pelos direitos fundamentais no Brasil e no mundo.”

SINOPSE
O episódio “Direitos Humanos” traz uma leitura crítica sobre as conquistas e violações da Declaração Universal dos Direitos Humanos, assinada em 1948. A partir de uma reflexão da história, ativistas discutem os motivos que levam ao diário descumprimento daquele acordo mundial e apontam os caminhos para a retomada do sonho pela paz.

***

GÊNERO E IDENTIDADE
“Os dilemas da questão de gênero no Brasil”
SINOPSE
Das sufragistas do final do século XIX às marchas e hashtags da atualidade. O episódio “Gênero e Identidade” traz uma reflexão sobre as conquistas dos movimentos feministas ao longo da história e expõe a existência de novos obstáculos para que a mudança do comportamento social com relação à questão de gênero seja realmente ampla no Brasil.

***

AFRICANIDADE
“O resgate da herança afrobrasileira e a negação brasileira ao racismo”

SINOPSE
A constante negação da sociedade brasileira ao seu racismo é o tema do episódio “Africanidade”. A abolição da escravatura em 1888 rompeu ou iniciou o processo de discriminação racial no Brasil? A partir de uma análise sobre a origem do preconceito e da desigualdade de oportunidades, é levantada a necessidade do resgate da cultura africana na formação do povo brasileiro.

***

JUVENTUDE E PERIFERIA
“Cultura, identidade e ativismo”

SINOPSE
O que se formou primeiro: desigualdade ou periferia? No episódio “Juventude e Periferia”, jovens das periferias e favelas do Brasil definem os porquês da violência social praticada contra a população excluída e confinada nas regiões periféricas dos grandes centros urbanos. Apresentam a transformação de pensamento político e ativista em curso nas periferias do país.

***
SERTÃO
“Preconceito, identidade e os dilemas do desenvolvimento no Brasil”

SINOPSE
O episódio “Sertão” propõe um novo olhar sobre as principais características que constituem o espaço geográfico do sertão brasileiro. Identifica ali a origem da brasilidade e da genuína cultura brasileira. Reconta a história do Nordeste de uma forma muito além dos constantes conflitos gerados pelo preconceito ao nordestino e ao sertanejo no Brasil.

***

ÁGUA
“A crise hídrica e os desafios da sustentabilidade mundial”

SINOPSE
O episódio “Água” é um grito de alerta quanto à crise hídrica vivida no mundo há algumas décadas e sentida no Brasil a partir de 2014, com o quase colapso em São Paulo, maior cidade da América Latina. Mostra caminhos para entender a origem da seca e quais são as chances para ainda salvar o planeta da completa destruição provocada pela falta de água.

***

MEIO AMBIENTE
“Um novo mundo possível”

SINOPSE
As mudanças climáticas e a exploração predatória pelo homem dos recursos naturais não renováveis são temas de discussão no episódio “Meio Ambiente”. A partir de uma provocação sobre o que é gerar “bem estar” às custas da degradação da natureza, novos caminhos são apontados para se tentar diminuir as desigualdades sem antes destruir a vida no planeta. 

***

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
“Os desafios do desenvolvimento tecnológico e a economia criativa ”

SINOPSE
O episódio “Tecnologia e Inovação” aborda o fenômeno da revolução tecnológica e a democratização do acesso à informação no mundo. Uma imersão para analisar as possibilidades da juventude utilizar as tecnologias digitais no combate às desigualdades econômicas e sociais por meio da Economia Criativa, das novas redes e das inovações cidadãs.

***

DIÁLOGOS CONTEMPORÂNEOS COM PEPE MUJICA
“Política, Pensamento e a nova ordem mundial”.

SINOPSE
Ex-presidente do Uruguai e um dos mais modernos líderes mundiais, Pepe Mujica lança novos desafios para a juventude do século XXI frente à desigualdade, preconceitos e diferenças que ainda distanciam a humanidade do sonho da paz que tantas outras gerações lutaram em seus tempos.

Lançamento da série audiovisual “Educação e Cidadania”
03 de junho, às 9h30
Serraria Souza Pinto (Avenida Assis Chateaubriand, 809 – Centro)
Entrada Gratuita (necessário se credenciar pelo siteminasgeraisaudiovisualexpo.com.br  ou no local do evento).

Nenhum comentário: