17 de abr de 2012

9ª Festa de Independência do Senegal e reinauguração do Baobar












A 9ª edição da Festa de Independência do Senegal acontece no próximo domingo, dia 22 de abril, na sede recém-inaugurada do Centro Cultural Casa África. O evento marca também a reinauguração do Baobar Gastronomia & Arte Africana.

Na programação que se estende das 13h às 22h, Feira de Gastronomia e Artesanatos Senegaleses, Exposição Fotográfica, além de shows de Zal Isidra Sissokho (músico senegalês), Vander Lee e Fala Tambor.
Zal Sissokho é um músico senegalês que toca a Kora, uma espécie de harpa africana de 21 cordas. Seguindo a tradição cultural de Senegal, Zal aprendeu a tocar a Kora num processo oral que tem sido passado de pai para filho, até que decidiu aprofundar seu conhecimento musical. Além de tocar, Zal também canta nas línguas locais, que são o wolof (língua nativa do grupo étnico homônimo, falada em Senagal, Gâmbia, Guiné-Bissau, Mali, República Dominicana e Mauritânea) e a mandinga (língua africana do grupo mandê, falada em Senegal, Gâmbia e Guiné-Bissau). Radicado em Quebec desde 1999, trabalhou com muitos artistas tais como, Takadja, Les Frères Diouf, Richard Séguin, Lilison, IKS, Hart Rouge, Musa Dieng Kala, Muna Mingolé e Alpha Yaya Diallo. Em Dezembro 2005 e Agosto 2007, trabalhou em Las Vegas para o espetáculo “O” do Circo do Soleil.
Um dos cantores e compositores mais originais da MPB, Vander Lee já realizou ótimas parcerias com artistas renomados, como Elza Soares, Fabio Junior, Gal Costa, Leila Pinheiro, Alcione, Maria Bethânia além dos novos talentos como Zeca Baleiro, Regina Souza, Luiza Possi e Lokua Kanza (França). Suas composições passeiam por sambas espirituosos, baladas românticas inspiradas e rocks moderados, como ‘Românticos’, ‘Galo e Cruzeiro’, ‘Passional’, ‘Onde Deus possa me ouvir’. Atualmente está em turnê de divulgação de Sambarroco, seu sétimo trabalho.
Reconhecido como o primeiro grupo de samba de roda de Minas Gerais, o Fala Tambor foi criado em 2000, pelo percussionista, cantor e compositor Carlinhos de Oxossi. Formado por um corpo cênico-vocal, produz suas leituras, criações e recriações contemporâneas, a partir da influência da cultura de matriz africana. Ritmos variados, como o quebra-cabloco, cabula, monjolo, congo, arrebate, rebate e barra-vento integram o repertório musical do Fala Tambor.
No mês de abril, são celebrados os 52 anos de autonomia política da República do Senegal, país situado na costa ocidental da África.
22 de abril de 2012
Domingo das 13h às 22h
Local: Casa África
Rua 28 de Setembro, 476, Esplanada
Entrada: R$10,00
Informações adicionais: 3653-4244

Nenhum comentário: