4 de jun de 2011

VALORIZE A INCLUSÃO!






Caros amigos, este post é para lembrarmos da importância de VALORIZARMOS A INCLUSÃO.
Basta nos remetermos ao ARTIGO I da Declaração dos Direitos Humanos (Nações Unidas, 10/12/1948): Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.
É questão de consciência e respeito, assegurar a dignidade do ser, da mesma maneira que gostaríamos de ser valorizados.
Se isso não basta e, para alguns, é necessário verificar benefício próprio, saibamos que podemos não estar isentos dessa condição, em tempo futuro: AS ESTATÍSTICAS REVELAM QUE DEZ MIL PESSOAS POR MÊS TORNAM-SE DEFICIENTES FÍSICOS NO BRASIL, vítimas de acidentes, causas traumatológicas e enfermidades. Você gostaria de ser excluído? Dos ambientes púbicos, da vida social, festas, esportes e tudo o mais? Inicie agora sua campanha valorizando a inclusão, desde o respeito à uma vaga de trânsito destinada ao portador de deficiência até a consciência de valor dada à qualquer competência de um.
Conheça bem, antes de excluir, não é difícil, abra-se ao diálogo direto, verifique os PNE’s representantes públicos na política, ou pesquise no Google (!) para saber mais sobre as eficiências possíveis dos Portadores de Necessidades Especiais. Você ficará admirado...Você ficará admirada! Muitos deles superam você em muitos aspectos e nem sabem da sua existência.
Grande exemplo é Felipe Marinho de Oliveira, que perdeu a visão dos olhos, vítima de acidente, aos 18 anos de idade. Mas isso não lhe tirou a visão de que poderia tornar-se um vencedor na arte de viver. Concluiu o segundo grau e formou se em Economia, constituiu família e hoje é pai de três filhos maravilhosos: Sophia então com oito anos e Davi de um ano e Ester (4 dias). Aos 37 anos bateu recorde mundial e agora totalmente recuperado de sua lesão vem melhorando cada vez mais seus tempos nas competições. Até agora já possui 159 medalhas, sendo 54 medalhas de ouro, 69 de prata e 36 de bronze de vários campeonatos que participou. Reconhecido pelo estado de Minas Gerais recebeu em 2009 a medalha da Inconfidência Mineira e a medalha de Santos Dumont.
Agora, Felipe Marinho ministra palestras com o tema superação através do esporte, ilustradas com sua própria história de sucesso.
Valorize a inclusão!
Um abraço,
Márcia Francisco
((*** Na foto: Felipe Marinho de Oliveira  - crédito: Márcia Francisco)

Nenhum comentário: