3 de jul de 2018

BH TERÁ SHOW DE FELIPE ALCÂNTARA



O músico Felipe Alcântara chega a BH, para único show  no dia 14 de julho, sábado, às 18h, na Arena Mundo Novo  (Rua Santa Cruz, 182 – Venda Nova). Ex-vocalista de “Os Gonzagas” e semifinalista do SuperStar chega em carreira solo  pela Universal Music, que lança novo gênero musical – o ForróPop e clipe do artista em formato inovador.  Além disso, Felipinho, como é carinhosamente conhecido, se torna o primeiro artista de música popular a fazer parte do time da Talentos Produções, produtora  mineiríssima, que trabalha com Padre Fábio de Melo.

Com mais de 7 anos de carreira, três turnês na Europa, prêmio em Festivais nacionais, semifinalista de programa de TV, Felipe Alcântara entra no time da gravadora Universal se tornando uma grande aposta. O seu jeito de enxergar a vida, sua leveza na forma de falar e cantar, sua música cheia de influências e seu sotaque nordestino provocam o novo que toda gravadora procura. Sua música não segue um padrão já existente nas prateleiras, sugerindo um novo estilo, batizado Forró-Pop. 

DIAS MAIS BELOS
Depois de quase um ano sem lançar novidades ao público, Felipe já chega cheio delas. A primeira grande novidade é o single Dias Mais Belos, que traz uma mensagem que retrata exatamente o que o artista é e busca viver. A letra da música é uma composição de Felipe Alcântara em parceria com Estêvão Queiroga que além de amigo, compositor e cantor, é o diretor musical da faixa. "Dias Mais Belos é um grito de esperança dentro de um mundo que nos rouba tantas coisas. Ao pensar nessa música quisemos trazer os valores que acreditamos e tentamos passar a diante." Dias Mais Belos é um reggaexote, um gostinho do Forró-Pop que vem por aí, traz um pouco do mar, da areia, do sol e da natureza para falar de amor, de esperança e de fé. "Nenhuma sombra vai esconder o sol" é uma das frases da música que carrega a essência da mensagem de esperança que ela contém. A faixa já está disponível em todas as plataformas digitais. O novo som de Felipe, mantém a raiz do Nordeste e recebe a influência de reggae, pop, rock, surf music, ritmos caribenhos e folk.

O CLIPE
A Universal Music lança Felipe Alcântara e inova com o clipe da sua primeira música, '’Dias Mais Belos", ao utilizar o formato vertical, com foco em mobile. 
Com a estréia da sua carreira solo, o cantor e compositor Felipe Alcântara trouxe várias novidades que tem provocado a curiosidade e uma grande adesão do público ao seu trabalho. Pensando na nova geração e buscando estar inserido no contexto digital, Felipe Alcântara lançou, em meados de junho,  o clipe da música Dias Mais Belos especialmente para quem não larga o smartphone. Todo feito a mão, filmado em take único, o clipe tem direção do jovem diretor Pedro Anversa e narra a história da música em uma aquarela desenvolvida pela designer Nat Jurioli. O vídeo mostra uma espécie de diário ilustrado e o formato do caderno é aproveitado nas dimensões do vídeo, que em fullscreen, fica na vertical, a orientação mais utilizada nos aparelhos mobile. “Hoje a maior parte da audiência assiste a clipes pelo celular, pensando nisso, decidimos fazer o clipe de um jeito original e que falasse com o maior número possível de pessoas”. Afirma Felipinho. Além disso, o clipe traz a simplicidade que a música transmite e a leveza de quem busca Dias Mais Belos.



PERSONALIDADE
Cantor, compositor, nordestino, surfista, ama sua família, apaixonado pela música: essas são algumas características de Felipinho, que imprime em suas músicas um pouco do seu universo. “O som que buscamos no meu trabalho é um som do dia, da praia, que transmite toda influência musical que recebi em minha formação: pop, reggae, rock, tudo isso tendo como principal base o forró outros ritmos brasileiros. Sempre fui influenciado por esses estilos.  “Minha primeira banda - Quarto de Apê -  foi uma banda de rock, mas nunca fizemos um show fora das 4 paredes do apartamento.” brinca o artista que quer apostar no som que vem de seu coração. “Quero levar através das letras que cantarei mensagens leves, de amor, de paz, de esperança, de superação e de fé. Onde as pessoas se sintam renovadas.” 

PROPÓSITO DE VIDA
Felipe Alcântara inicia um novo ciclo profissional e sua relação íntima com Deus foi o ponto mais importantes em seu posicionamento profissional. 
Daí fechar contrato com sua nova produtora, a Talentos Produções, que atua a  mais de 20 anos no mercado de música católica.
Orgulha-se de contribuir para a carreira de grandes nomes como Eros Biondini e o respeitado Padre Fábio de Melo.
“Para mim a chegada das meninas da Talentos, foi um grande sinal de Deus em minha vida. Primeiro conheci Léo (Heliomara Marques) em João Pessoa, e tivemos um segundo contato em Campina Grande, quando fui fazer uma participação no show do Padre Fábio de Melo. Depois de mais um encontro, dessa vez em Natal, fiz as malas junto com Rafa e fui bater em Belo Horizonte para conhecer o escritório. Lá pude conhecer melhor a Andréia e toda a família talentos. Hoje me sinto como um membro da família, sempre que vou a BH fico na casa delas e sou tratado como um filho. Me sinto muito confiante em saber que tenho elas para caminharem ao meu lado, e sou muito grato a Deus por essa oportunidade.” 
Andreia Mansur, umas das empresárias do artista, o descreve como “jovem, nascido no mundo digital, cheio de talento, surfista, músico, pai, marido e com tudo isso, ou apesar disso, cheio de Deus e amor pra dividir com o Brasil.” e complementa: “Isso é possível!”.  Sobre sua entrada no time da Talentos,  Andreia afirma: “Seu olhar transborda verdade e altruísmo. Sua determinação em ser expressão de fé dentro de uma vida cotidiana nos inspirou e nos motivou a seguir com ele.”  A empresária também reflete sobre a expectativa da Talentos ao trabalhar com o artista, “Sabemos uma parte do trabalho e ele a outra e o restante vamos aprender  fazendo juntos com a mesma alegria que sua música sempre trouxe aos seus seguidores”, finaliza.

Os ingressos para o show do dia 14 já estão a venda, na Arena Mundo Novo e Loja Mãe da Igreja de Venda Nova (Rua Padre Pedro Pinto, 1010). R$10,00 *crianças até 10 anos não pagam).

PARA OUVIR
https://open.spotify.com/album/4fvBG7XpB4JVg0WdKFTBCX

25 de jun de 2018

DUO SIQUEIRA LIMA EM BH!

Duo Siqueira Lima - foto Matheus do Val


No dia 30 de junho, sábado, às 20h30, chega em BH, para única apresentação no Grande Teatro do Palácio das Artes, o Duo Siqueira Lima, um dos mais importantes duos de violões da atualidade. O evento é mais uma realização da Série Virtuosi - Concertos Internacionais 2018.

Formado pela uruguaia Cecília Siqueira e pelo mineiro Fernando Lima, o duo é convidado com frequência para os principais festivais da Europa e EUA, apresentando um repertório do erudito ao popular latino-americano. No programa estarão peças de Handel, Debussy, Mendelssohn, Gershwin, Ernesto Nazareth e Zequinha de Abreu.  Ingressos na bilheteria do Teatro ou https://www.ingressorapido.com.br/event/7194/d/30658

A temporada Virtuosi, prosseguirá no próximo semestre e contará, ainda, com grandes nomes da música internacional, como a soprano Sumi Jo, as violinistas Sarah Chang e Midori entre outros.
DUO SIQUEIRA LIMA
 Formado pela uruguaia Cecília Siqueira e pelo mineiro Fernando Lima, o duo é convidado com frequência para os principais festivais da Europa e EUA, apresentando um repertório do erudito ao popular latino-americano. No programa estarão peças de Handel, Debussy, Mendelssohn, Gershwin, Ernesto Nazareth e Zequinha de Abreu. 

Cecília, do Uruguai, e Fernando, do Brasil, conheceram-se no II Concurso Internacional de Violão Pro-Música/SESC, em 2001, na cidade de Caxias do Sul (Brasil), quando dividiram o primeiro prêmio, depois de uma concorrida disputa com violonistas de vários países. Esse evento foi decisivo para a formação do duo e também o início de uma promissora carreira.
                                                          
O grande sucesso internacional do Duo Siqueira Lima veio em 2009, quando eles viralizaram no YouTube de um vídeo de um arranjo a 4 mãos, num único violão, do Tico-Tico no Fubá. Arranjos a 4 mãos em violão não são novidade, mas o Duo Siqueira Lima foi o primeiro a escrever um arranjo com mãos invertidas, ou seja, enquanto um toca a melodia com a mão direita, o outro continua o movimento com a esquerda, exigindo grande sincronia. Imediatamente, a carreira do Duo explodiu, alcançando os principais festivais e salas de concerto do mundo, como o Lincoln Center (Nova Iorque), New World Center (Miami) e Concertgebouw (Amsterdam).

O Duo Siqueira Lima é reconhecido pelo seu virtuosismo técnico e perfeito entrosamento, tendo sido comparado a grandes duos de violões da história, como o de Ida Presti e Alexandre Lagoya (França/Egito) e dos brasileiros Sérgio e Eduardo Abreu e Sergio e Odair Assad.

De acordo com Ederson Urias, o diretor da série Concertos Virtuosi, “é sempre um prazer trabalhar com o Duo Siqueira Lima. Além de ótimos instrumentistas, eles são muito carismáticos e atraem multidões por onde passam.  Nós já os trouxemos para o CCBB de Belo Horizonte em 2014 e a procura foi tão grande, que muita gente teve que voltar pra casa sem ingresso”.

A total dedicação ao instrumento rendeu até o momento cinco álbuns, sendo os mais recentes lançados pelos selos GHA Records (Bélgica) e GuitarCoop (Brasil). O CD The Art of Duo Siqueira Lima - onde interpretam obras de Granados, Oswald, Villa-Lobos, Piazzolla e Paschoal – reverberou internacionalmente, sendo considerado pela revista francesa Guitare Classique como um dos melhores álbuns de violão do ano de 2016.
                                              
Serviço:
Local:  Grande Teatro SESC Palladium - Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro - BH
Dia : 30 de junho, sábado, às 20h30
Ingressos: Entre R$ 26,10 e R$ 90,00

Informações adicionais:

Site do Duo Siqueira Lima: https://www.siqueiralima.com/
Fotos em alta resolução:
A SÉRIE DE CONCERTOS VIRTUOSI

Promovida pela Virtuosi Produções Artísticas, produtora cultural de Belo Horizonte, a “Série Concertos Virtuosi” tem por finalidade trazer grandes concertos ao Brasil. Para a temporada de 2018, estão confirmados grandes nomes, como os pianistas Vadym Kholodenko e Yeol Eum Son, vencedores do Concurso Van Cliburn, um dos mais importantes do mundo.  

De acordo com o diretor da série, o pianista Ederson Urias, a série de concertos internacionais em Belo Horizonte pretende colocar a cidade mineira no circuito de concertos de qualidade e do mais alto nível, que quase sempre acontecem apenas em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo. "É muito difícil trazer para o Brasil ícones da música, como a soprano Sumi Jo, e não é justo deixá-la só no eixo Rio/São Paulo, deixando a cidade de Belo Horizonte à parte de grandes produções”.  A série também acontece em Porto Alegre no Theatro São Pedro.

www.virtuosi.mus.br

19 de jun de 2018

TÚLIO CAMPOS O DESENHISTA DOS ARTISTAS MINEIROS


Lança livro que retrata e homenageia 101 artistas, em desenho vetorizado.
Toda a renda será destinada ao Hospital da Baleia

Será no dia 23 de junho, sábado, a partir das 10h30, na Livraria Ouvidor (Rua Fernandes Tourinho, 253 – Savassi – BH – MG, o lançamento do livro Artistas Mineiros – volume I, do desenhista Túlio Campos. No livro, uma homenagem a 101 artistas mineiros, ali retratados. O projeto tem toda a sua renda beneficente ao Hospital da Baleia.
A produção que traz os desenhos vetorizados de Túlio Campos, tem 136 paginas e, além das ilustrações, contém ficha técnica de todos os registrados, além de belos textos e letras de música cedidas pelos artistas, especialmente para o livro.

Túlio Campos foi chegando com sua terna poesía e simpatía, gentileza e generosidade inclusiva e encantando a todos no meio artístico.  Me faz lembra o saudoso amigo Nando Fiuza, que retratou nossa música, como ninguém. Para mim, Túlio é o desenhista da música. Vi, de perto, na casa do jovem artista, o empenho, o entusiasmo e a admiração, com que ele cria os desenhos, traço por traço, em uma plataforma de vetorização simples, cuja sofisticação está  no talento dele. Os desenhos são apresentados a cada artista, com uma reverência de Túlio, personalizada e com brilho no olhar diante dos ídolos de qualquer grandeza. O mundo precisa de pessoas assim! Sem falar que tudo isso é feito em caráter beneficente.”
(Márcia Francisco, jornalista  e artista)


O LIVRO, POR TÚLIO CAMPOS

“A inspiração para este projeto nasceu numa madrugada antes da virada
cultural de 2015, em Belo Horizonte, onde aconteceu uma homenagem ao Fernando
Brant na praça da Estação, com cerca de 20 artistas mineiros. Inspirado,
acabei vetorizando, naquela madrugada, uns oito artistas. Aí, começou a
minha saga de entregar as ilustrações pessoalmente. Foram quase três anos
desenhando e vetorizando, indo a shows, eventos, teatros, sem parar, e pude
fazer inúmeras amizades.

Conheci de perto artistas que sempre admirei, como o querido Toninho
Horta, um dos músicos que me deu muita força neste projeto, assim como minha
amiga cantora e compositora Jéssica Senhorini.

Obrigado aos parceiros da Editora Ramalhete, Toninho Horta, Hospital da
Baleia, New Jett Cartuchos, Rádio Cidade de Itabirito, Rádio Inconfidência.
Este livro eu dedico também para os três poetas que partiram recentemente:
Fernando Brant , Vander Lee e Flávio Henrique, que ficarão para sempre em
nossos corações.”
(Túlio Campos, o desenhista)



TÚLIO CAMPOS
Túlio Desenhista é o nome artístico de Túlio Campos, natural de Ouro Preto/MG ,
residente em Itabirito/MG. Técnico em Comunicação Visual pelo Senai-BH /MG. Seu
envolvimento com as artes é desde 2001 com os desenhos a fotografia, tendo
passado também pelo Coral Academia Libre Cantare. Concluiu o curso de Roteirista
de Quadrinhos na UFMG, autor do roteiro “ A Máquina do Tempo “ , participou de
Oficinas : Stop Motion – CineSesi 2013 , Festival Internacional de Quadrinhos – FIQ /
BH 2011, 2013 e 2015.
 Formado em curso técnico pós-médio em Comunicação Visual. SENAI Cecoteg-
BH, conclusão em 2012. Na história: Esteve presente no Festival Internacional de Quadrinhos em 2011, 2013 e 2015. Mini curso de Moadboard. SENAI Casa Aberta, conclusão em 2011. Mini curso de Desenho de criação. SENAI Casa Aberta, conclusão em 2011. Curso de Roteirista de Quadrinhos – UFMG, conclusão em 2012. Oficina de Stop Motion – Cine Sesi 2013 . Selecionado para compor o catálogo do VI Salão de Arte ( Itabirito – Betim – Congonhas ) - 2013 . Curso de Corel Draw X5 – Microlins , conclusão 2014 . Ilustrações vetoriais do livro : As Aventuras de Ana e Bella da escritora Ieda Rocha 2014 .  Ilustrações vetoriais do livro : As Descobertas de Juju: A Caixa de Recordações 2014. Oficina Criativa com o quadrinista Fábio Moon 2016 . Participação como ilustrador no FIC 2017 e 2018

“ O jovem mineiro Túlio Campos criou um livro único, feito com grande sensibilidade e amor, unificando com harmonia as artes plásticas com a música. Com o objetivo maior de perpetuar a imagem e importância de nossos artistas e sua obra musical, com habilidade, Túlio recriou fotos originais colorindo e fazendo ressaltar a expressão facial de cada um deles. Sua arte ganha maior amplitude quando chega até nos consumidores e amantes da boa música, aumentando a nossa admiração pelos ídolos. E minha pessoa como artista da música só tenho a agradecer. Parabéns Túlio pela pela sua arte, ela já tem apreciadores como eu também será eterna!”
(Toninho Horta , abril de 2018)

VISITE:
Facebook Tulio Desenhista
Instagram  tulio_desenhista

LANÇAMENTO DO LIVRO
ARTISTAS MINEIROS  -  VOLUME 1
DE TÚLIO CAMPOS
23 de junho, sábado, a partir das 10h30,
Livraria Ouvidor
Rua Fernandes Tourinho, 253 – Savassi – BH – MG
Entrada franca
Preço do livro: R$49,00
Renda total beneficente ao Hospital da Balei



13 de jun de 2018

mulher, sabedoria compartilhada, empreendedorismo, sucesso e atitude
Patrícia Pinho e Sérgio Moreira são os convidados desta edição
Será no dia  19 de junho, terça-feira, 19h30, no Casarão do Restaurante Maria das Tranças  (Rua Professor Moraes, 158 – Savassi – BH – MG), o II Meeting ‘O Feminino em Mim’, realizado pela jornalista e palestrante, Márcia Francisco.   A proposta é a abordagem de temas relacionados ao universo feminino, gerando um espaço de convívio refinado e produtivo em eventos com talks, networking, arte e sorteios.
Nesta edição, a jornalista Patrícia Pinho, especialista em Produção e Crítica Cultural, apresentadora de TV e de eventos, atual apresentadora e editora executiva do programa Brasil das Gerais, da Rede Minas, onde trabalha há 16 anos e  mãe do Davi (8 anos) e da Branca (4 anos),  realizará o talk “Mulher, sucesso profissional e propósito de vida”.
O respeitável cantor e compositor Sérgio Moreira,  realizará o pocket show central, conceitual, inédito e autoral.
O encontro, para mulheres, integra o projeto “O Feminino em Mim”, da jornalista, escritora, atriz, cantora, artesã e palestrante Márcia Francisco -  que coordena o fórum de mesmo nome, no Whatsapp. Iniciativas que surgiram como desdobramentos  de  seus estudos e palestras sobre o tema, além de blog criado há 6 anos. A primeira edição, lotada, recebeu a Master Coach Integral Sistêmico e Analista de Perfil Comportamental,  Daniella Salomão, no talk “O poder da ação para o sucesso no empreendedorismo feminino” e pocket com a dançarina flamenca, Manu Cordeiro (Cia Luna Flamenca BH)
FOCO: o feminino criativo, sabedoria compartilhada, vida e saúde integral, espiritualidade - independente de crença religiosa, empreendedorismo, sucesso, atitude, inteligência e equilíbrio emocional e gestão sustentável de resultados planejados. Partilhas que valorizem o feminino e suas singularidades em um mundo contemporâneo e ativo.
PROGRAMAÇÃO:
19h30 -  Boas-vindas e networking
20h -  Pocket-show autoral  e conceitual inédito e especial para o evento, com o cantor e compositor Sérgio Moreira.
20h20 - Talk:  “Mulher, sucesso profissional e propósito de vida”, com Patrícia Pinho, jornalista, especialista em Produção e Crítica Cultural, apresentadora de TV e de eventos, atual apresentadora e editora executiva do programa Brasil das Gerais, da Rede Minas, onde trabalha há 16 anos, mãe do Davi (8 anos) e da Branca (4 anos)
21h20 -  Bate-papo interativo sobre o tema
21h30 -  sorteios especiais e encerramento
*Durante o evento, o Restaurante oferecerá cardápio próprio, para consumo opcional, através de cartelas individuais.
INSCRIÇÕES ABERTAS:
Evento aberto ao público feminino geral, mediante inscrição prévia via
Whatsapp 31 991659778 ou  www.sympla.com/marciafrancisco
Investimento: R$20,00. Vagas limitadas. 


A CONVIDADA: PATRICIA PINHO

Jornalista, especialista em Produção e Crítica Cultural, apresentadora de TV e de eventos.. Atualmente é apresentadora e editora executiva do programa Brasil das Gerais, da Rede Minas, onde trabalha há 16 anos. É mãe do Davi (8 anos) e da Branca (4 anos)

Patrícia Pinho Graduada em Jornalismo e Publicidade e Propaganda pela PUC-MINAS e pós-graduada em Produção e Crítica Cultural também pela PUC-Minas. Atuou como repórter free-lancer do Portal AOL e da Revista Gloss, da Editora Abril, em São Paulo e como repórter e apresentadora da PUC TV e da TV Fiat em Minas Gerais. Na Rede Minas, já produziu e apresentou o programa Atitude.com (em parceria com a antiga TVE do Rio de Janeiro), foi repórter e apresentadora substituta do programa Agenda e diretora e apresentadora dos programas Feira Moderna, Música Independente e Hypershow, com shows e entrevistas de diversos artistas e estilos musicais. Atualmente, é editora executiva e apresentadora do programa Brasil das Gerais, da Rede Minas, que trata de comportamento, saúde, cultura, educação e cidadania. Larga experiência em produção, reportagem e edição de programas de televisão, principalmente dentro da comunicação pública Fluente em inglês e espanhol, se interessa por cultura, comportamento e jornalismo em geral.


O CONVIDADO: SÉRGIO MOREIRA

Nascido em Teófilo Otoni, moldado em Nanuque e amadurecido em Belo Horizonte, Sérgio Moreira começou sua carreira aos 15 anos na Rádio Difusora de Nanuque.  Ali, a música se fez presente através de artistas também em início de carreira como Xangai, Zé Edison, Kamil, e o jovem Sérgio absorvendo todas aquelas informações. Em 1972 mudou se para Belo Horizonte e foi estudar no Colégio Estadual Central, referência  cultural da época, onde conheceu Flávio Venturini, Sirlan, Fernando Brant, Lô Borges, Beto Guedes, Melão, Leri Faria, Celso Moreira e muitos outros músicos da “geração 70”. Logo fundou sua primeira banda “A nuvem de Gafanhotos” e depois foi convidado a participar do “Grupo Ingazeira”, até iniciar sua carreira  solo em 1980. A partir daí Sérgio Moreira começa a gravar seus primeiros discos, dirige espetáculos, apresenta-se em festivais e feiras de cultura, participa ativamente da vida cultural da cidade. O primeiro LP - “Sérgio Moreira” - gravado em 1985, já dava notícia de um ecletismo sem preconceitos, provavelmente herança de seu trabalho em rádio FM do interior, onde Odair José, Jerry Adriani, Tom Jobim, João Gilberto e Chopin conviviam em santa harmonia , cada um em seu contexto e importância. O segundo CD - “Transparente” - é fruto da tentativa de organizar esse ecletismo. Todas as canções falam de coisas bem de dentro, de como o artista se posiciona  diante  do lúdico, do pensamento subjetivo. Em uma das faixas, a letra diz “Quando a luz do raio / apaga a luz da rua / e vem aquela estranha sensação / cidade nua / os faróis iluminam teu rosto / e teu corpo ganha um novo tom”.O terceiro CD - “Negro” - aporta em sua vida a partir de histórias contadas pela mãe. “Negra é a pele que me veste / é o calor que me reverte a um lugar onde vivi / eu sou filho do teu leite / e espero que me aceite / na cor em que me acolhi”. Todas as canções têm raiz afro, incluindo “Brejo da Cruz” de Chico Buarque,  “Cravo e Canela” de Milton e Ronaldo Bastos, “Lero Lero” de Edu Lobo e Cacaso. Sérgio tem a sensação de seguir seu percurso tentando explicar o inexplicável - “afinal a arte nunca se explica, é por isso que se chama Arte”. Com um mindset que contempla o homem sustentável, Sérgio acaba de compor e gravar o manifesto musical oficial do Parque Planalto, BH, entre outros muitos projetos sensíveis.

GESTÃO DO EVENTO: MÁRCIA FRANCISCO
Natural de Belo Horizonte, Márcia Francisco é jornalista, escritora, cantora, atriz, artesã e palestrante.  26 anos de Jornalismo profissional e autônomo, com capacidade fluxer, trânsito, atuação e reconhecimento transversal em âmbitos empresariais, políticos, de responsabilidade social  (através de sua causa de coração, a inclusão da pessoa com deficiência) e culturais. As ações em palestras trazem sua experiência somada a 37 anos de estudos, pesquisas, cursos, desenvolvimento de métodos aplicados e experiência relacionada ao poder da mente, do pensamento e da oração, ao feminino sagrado, processos de meditação e plataformas de autoconhecimento. Relaciona conceitos de vida integral à visão assertiva necessária aos tempos atuais: inovação tecnológica, globalização e personalidade, cooperativismo, sabedoria compartilhada, soluções corporativas, gestão financeira, situações de negócio, sucesso  e atitudes transformadoras. Já participou de estudos diretos com cursos, workshops, seminários e/ou vivências com Douglas Scott Nelson, Eckhart Tolle, Oprah Winfrey, Lauro Trevisan, Ivan Trilha, Sofia Bauer, Roberto Shinyashiki,  Pierre Weil, Roberto Crema, Eduardo Moreira, Padre Fábio de Melo, Abaki, Dr. Dharma Singh Khalsa, Magui, Acely Hovelacque,  Jorge Forbes, Arleime Fogaça, Rúbia Dantés, Padre Marcelo Rossi, T. Harv Eker, Millionaire Mind Experience, Instituto Gurdjieff, Daniela Salomão/O Poder da ação/Paulo Vieira, Wilson Trópia,  e  Lair Ribeiro – entre outros – e tem como inspiração muitos conceitos valorizados por estes mestres profissionais. Mais: www.marciafrancisco.com.br

SIGA: http://www.instagram/ofemininoemmim