SOBRE MÁRCIA FRANCISCO

BIOGRAFIA:



Natural de Belo Horizonte-MG, Márcia Francisco, 46, jornalista, escritora, atriz,  cantora e artesã, despertou suas aptidões artísticas na infância. Após experiências diversas com teatro e musicais infantis, aos 11 anos de idade, Márcia entrou para o Coral Infantil SESIMINAS, onde atuou durante 2 anos. A partir daí, a música permaneceu em sua vida. Ainda em 81, iniciou estudos de saxofone e passou a integrar a Orquestra Jovem Maestro Herci Aquino(SESIMINAS), onde permaneceu até 1991. De 1985 a 1993, integrou a Orquestra do Colégio Anchieta-BH. Seu interesse pela leitura e pela música, geraram um novo caminho. >>>>> Sempre próxima às artes, observando sua multiplicidade interligada, iniciou-se na poesia aos 13 anos de idade. Com diversas poesias de autoria própria, teve publicações de seus trabalhos em jornais e livretos escolares, dentre os anos de 1981 e 1987. Neste período foi premiada com o 3º lugar no Concurso de Poesia Colégio Anchieta, único concurso da área, do qual participou até a ocasião. Em 1993, Márcia atuou no Grupo de Teatro Cultura Inglesa-BH. Na música iniciou carreira solo, paralela a trabalhos desenvolvidos com o Coral Júlia Pardini, do qual participou, no ano de 1994, além dos espetáculos com o Grupo Vocal Canto da Boca, coordenado por Ernani Maletta (1992 a 1996). >>>>> Márcia Francisco atuou nos espetáculos: Vinho com Batatas – (Oficina de Arte Gesto e Voz e Orquestra Herci Aquino) e Redescobrir (Teatro Francisco Nunes, década de 80 – saxofone). Com a Orquestra, também participou do Festival de Dança, Côro e Orquestra, em Fortaleza-CE, além de apresentações no interior de Minas, RJ, SP e ES. Márcia participou do disco (vinil) do cantor e compositor mineiro Mêrcks Paulo. Cantando, participou de: Na Onda do Rádio (dir. Eid Ribeiro, 1991), Salve o Compositor Popular (dir. Babaya e Fernando Muzzi, 1992); Saudade do Brasil – uma homenagem a Elis (1992/93); Mostra de Compositores da Babaya Escola de Canto (1993); Canções e Momentos (dir. Babaya e Regina Spósito, 1994); Uma festa no céu (dir. Kalluh Araújo, 1997/1998); Desde que o samba é samba (1998); Se esta rua fosse minha (dir. Inês Peixoto – Galpão, 1998/1999), além de shows-solo e Projetos Trampolim, bailes, cantorias, mostras coletivas e individuais, promovidos pela Babaya Escola de Canto, onde estudou técnica vocal de 1991 a 1999. >>>>> Em 2005, realizou ao lado do violonista Luiz Gibson, o show “Costura do Tempo”. Convidada a cantar o Hino Nacional, a cantora se apresenta cantando 'à capela', em eventos de porte especial, como o Prêmio MG Turismo, maior prêmio de Turismo em Minas Gerais. A cantora participou de um côro musical para o CD 'Negro', do compositor mineiro Sérgio Moreira. Integrou, até 2008, ao lado dos artistas Renato Motha e Patrícia Lobato e outros, o Grupo Vocal Abaky - repertório de shabds e mantras, do Kundalyni Yoga, do qual era praticante. >>>>> O aperfeiçoamento na área artística inclui ainda: grupos de expressão corporal coordenados por Babaya, Luiz Gomide e Mauro Gohna; interpretação vocal, com Max Dolabella; interpretação teatral, com Aderbal Freire Filho; oficina de teatro e expressão corporal, com o Grupo Galpão; estudos de percepção musical com Ernani Maletta e Maurílio Rocha; curso de ritmo com João Cantiber (RJ); workshops Construindo um Show (Babaya) e primeira Oficina Tambor Mineiro, com Maurício Tizumba, que resultou na formação do Grupo Tambor Mineiro (ritmos de Congado), do qual Márcia tornou-se integrante (canto, dança e tambor), desde julho 2002 - primeira formação. Também em 2002, iniciou estudos de técnica vocal e expressão artística com Celinha Braga, na Celinha Braga Oficina de Música. Neyde Ziviane é outra mestra. Da dança, fez curso de Dança do Ventre, com a bailarina Iasmin Aischan (MG), 2002.Nesta especialidade, workshop com a bailarina Nájua (SP). Como artesã, associada à Central Mãos de Minas, criou a grife artesanal ‘titia francisquinha’, decoração de caixas em madeira, colares e brincos, com técnicas de découpage, por Márcia Francisco. Os brincos eram comercializados na Girabrinque (Loja do Grupo de Teatro Giramundo - BH). Em 2012, Márcia participou como solista convidada da gravação de uma faixa do CD "Jardim Particular", ao lado do autor, o cantor e compositor Mêrcks Paulo. >>>>>


Graduada em Jornalismo, em 1992, iniciou sua atuação como repórter fotográfica, prosseguindo por 6 anos, especialmente na área cultural. Para Márcia Francisco, a palavra revela a cultura e a arte de um povo e convive junto à esta arte, expressão genuína de qualquer ser humano. Assim, arte e jornalismo caminham lado a lado. Desde 1999, presta assessoria de imprensa também na área cultural, elaborando textos jornalísticos para distribuição à mídia geral (jornais impressos e virtuais, rádio e TV), dentre outras atribuições de sua função. >>>>> Atenta ao aperfeiçoamento, também no Jornalismo, Márcia inclui em sua trajetória curricular cursos de língua inglesa, espanhola e italiana; qualidade em atendimento; cerimonial; iluminação, arte e tecnologia; conservação e preservação de acervos fotográficos e preservação de filmes (FUNARTE) e oficinas de fotojornalismo, dentre vários. A jornalista foi colunista da Revista Boca a Boca (1999/ 2000) e do extinto site BH Music (2000) e criou a Coluna Fazendo Arte, do Jornal O Carrilhão (BH, a partir de 1999) atuou como colaboradora do site Página da Música (SP), realizando comentários e resenhas de cds. >>>>> Ainda da poesia: alguns poemas foram musicados. Sua vertente compositora também deu origem a alguns temas musicais e parcerias recentes, por exemplo, com os músicos Geraldinho Alvarenga e Fernando Muzzi, dentre outras, em atual fase de produção. Em 2000, Márcia Francisco participou do 3º Concurso Internacional de Poesia Mulheres Emergentes (segundo em sua trajetória póetica), no qual foi classificada. Na poesia, são inúmeras criações, além da publicação, em dezembro de 2008, do livro “Travessia dos Tempos” – primeiro da escritora (39 poemas da autora, aquarela de Fernando Fiuza, manuscrito de Paulinho Pedra Azul e texto de abertura de Fernando Brant). Em agosto de 2005, como convidada, participou com sua poesia, do Projeto Terças Poéticas e integrou a produção literária, em primeira coletânea do projeto (uma parceria da Fundação Clóvis Salgado com o Suplemento Literário de MG), no Palácio das Artes. >>>>&gt ;  Além das atividades já mencionadas, atualmente Márcia Francisco atuou de 2002 a 2004 como conselheira – Conselho da Mulher Empreendedora da ACMinas. Foi coordenadora e idealizadora do Grupo Gestante Feliz – projeto de apoio à gestante – criado em março 2004, e realizado pela Fundação Hospitalar N. S. Lourdes, em Nova Lima-MG e desde 2005, acolhido pela Associação Querubins, em BH-MG, atendendo especialmente as gestantes da Vila Acaba Mundo. >>>>> Recentemente, Márcia participou, do curso 'História Comparada da Música' - com o maestro e compositor Andersen Vianna (Fundação Clóvis Salgado). Em novembro de 2006, Márcia criou o site Arco-íris Gerais (http://arcoirisgerais.blogspot.com) - ANO V, onde publica tópicos sobre o melhor de Minas Gerais em arte e outras vertentes. O site tem acesso em todos os continentes, ainda que esteja publicado em português. Em 2007, a jornalista foi agraciada com o Troféu Mulheres Influentes - MG Turismo. Durante quase 3 anos, foi colunista do Jornal MG Turismo, com a coluna "Arco-Iris Gerais".Em 2008, lançou o livro de poemas "Travessia dos Tempos" - 39 poemas autorais, coletados em sua trajetória. Partindo de temas inerentes ao homem, tais como o amor e o tempo, a autora aborda outros aspectos do cotidiano universal e lança um olhar sobre o feminino, imprimindo seu pensamento e expressando reflexões. O livro traz textos de abertura de Fernando Brant e de Paulinho Pedra Azul, capa com aquarela do artista plástico Fernando Fiúza e projeto gráfico de Otávio Bretas.

Em 2010, através do Comitê Paraolímpico Brasileiro, integrou a equipe do Workshop de Mobilização de Recursos para Projetos Esportivos, entre outros relacionados ao esporte e paraolimpismo. Márcia atuou como diretora de Comunicação e Ação Social e assessora de imprensa voluntária de Equipe Paraolímpica, em Belo Horizonte de março de 2008 a junho de 2011. Acredita e defende a causa da inclusão de deficientes e paraolímpica. Em julho de 2011, Márcia Francisco criou o Blog Eficiência Especial (www.eficienciaespecial.blogspot.com) – ANO I - inclusão de deficientes. Em 2012, criou  o blog O feminino em mim (www.ofemininoemmim.blogspot.com), onde se encontra disponível, entre outras expressões próprias, seu livro de poesias na íntegra e partilhas do universo feminino.   Neste mesmo ano, assumiu a assessoria de imprensa do Deputado Federal Antônio Roberto (PV/MG), na Câmara dos Deputados do Brasil, permanecendo na ação até a aposentadoria do parlamentar. Em 2013, assumiu, também, a comunicação e imprensa da Academia Mineira de Letras - AML, abrindo atuação da entidade em mídias sociais, com a criação, por exemplo, do Facebook personalizado.
Em 11 de dezembro do ano corrente, iniciou a apresentação do quadro Inclusão e  Eficiência Especial, na Rádio Inconfidência AM880  e www.inconfidencia.com.br. O programa semanal, vai ao ar sempre às segundas-feiras, de 13h30 às 13h50. Em novembro de 2015, lançou seu segundo livro "Pérolas Essenciais", com frases e poemas da autora em formato baralho-oráculo. Em 2016, iniciou a produção de cursos de culinária para crianças e adolescentes, com a chancela Titia Francisquinha.

MÁRCIA FRANCISCO - ASSESSORIA EM COMUNICAÇÃO & IMPRENSA

Minas Gerais - Brasil

consultoria em comunicação e estilo · assessoria em comunicação e imprensa · produção de textos jornalísticos e releases apropriados para distribuição à mídia geral (rádio, televisão, revistas, jornais impressos e virtuais, sites de relacionamento) · acompanhamento do cliente a eventos e veículos de mídia, agendamento de entrevistas com os mesmos, através de contatos com as produções específicas · fotografia . estratégias personalizadas para divulgação · mailing virtual · clipping impresso . follow up . momento coaching


CLIENTES EM ASSESSORIA DE IMPRENSA

Alguns artistas e empresas, clientes da jornalista Márcia Francisco, nos 15 anos de atuação autônoma em assessoria de imprensa:


Paulinho Pedra Azul; Maurício Tizumba; Anna Ly; Renato Teixeira; Antonio Villeroy, Toninho Horta; Sérgio Moreira;; Fernando Muzzi; Rosanna & Zélia; Jards Macalé, Lô Borges, Patrícia Ahmaral, Celso Adolfo, Alvinho Little Noise, Vander Lee, programação de inauguração da Casa Noturna Matriz; Projeto Culinária Deliciosa, Projeto Matriz – 1 ano de atitude, 2 anos; Geraldo Vianna, Gilvan de Oliveira, Beto Lopes, Juarez Moreira, Caxi Rajão, Weber Lopes e Toninho Horta (Violões do Horizonte); Babaya; Grupo de Teatro São Gonçalo do Bação; Rugendas Galeria de Arte; Juçara Costa Ateliêr de Arte; Atelier Sônia Toledo; o neurocirurgião Gustavo Costa Valadão; o sexólogo Marco Antônio Martins de Carvalho; a Babaya Escola de Canto; a Casa de Repouso Vida Ativa; a Café Arte Ballons, Antonio Baiense, Marta Guerra, Centro Mineiro de Danças Clássicas; Vitor Braga e a Cachaça Artesanal Vitorina; Roberto Cordovani – Lola; Escola de Música da UFMG, ópera "As Bodas de Fígaro"; Vandder Lima; Projeto Cariúnas; Padre Nereu de Castro Teixeira, CD ‘Silêncio’; Carminha Guerra, Zélia Guerra, Selo fonográfico Karmim; Chico Lobo; Ângela Lopes; Ana Cristina; Radar Tantã; Helena Pena; Cia de Baile Flamenco Gitana Mora; Affonsinho; Bira Favela e Sarau Brasileiro; Babilak Bah; Cambada Mineira (RJ); Orquestra Mineira de Violas; Creche Cirandinha; Anthonio; Clóvis Aguiar; Setemberfest (Patos de Minas-MG); Grupo Internacional Genverde; Seminário ‘Velho Chico – 500 anos – Água e Vida"; NS Consultoria e Projetos Especiais - Nestor Sant'Anna; Fernando Brant e Tavinho Moura, Vallée S.A., Ricardo Trigueiro, Espaço Cultural Tambor Mineiro; Bill Lucas; Antonio Bahiense, Selmma Carvalho; Titane; Banda Chicória; Cozinha de Minas; Lu e Celinha; Projeto Abraçarte - A arte pede paz; Artistas Mineiros in Concert; Fernando Ângelo; Wilmar Silva; Máscaras Casa de Dança; II Concurso de Violão José Lucena Vaz (UFMG); Allyson Vissá; Projeto Cariúnas; Primeiro Ato, Lula Ribeiro, Suely Machado, Tânia Cançado; Conselho da Mulher Empreendedora da ACMinas; Conselho Estadual da Mulher; AMMIG; Tambor Mineiro; Família Romanelli, no Brasil; ACELBRA-MG; Mauro Gohna; Andersen Viana, Theresa Calonge; Projeto Segunda Musical; Kala - diversão, cultura e arte; Arlindo Maciel; Dona Jandira; Associação Ponte entre Culturas; Marisa Guerra, Totonho Villeroy, Octacílio Christo e Rotary Club, Grupo de Teatro São Gonçalo do Bação; Herman Ress; Cozinha de Minas; Fernando Araújo; Mônica Pedrosa, Festival Internacional de Violão, Vivian Santos; Sônia Toledo, Regina Albergaria, Elisa Pena, Paula Santoro; Palco Paladar; Rômulo Duque, Olavo Romano, Festival de Inverno de São Gonçalo do Bação - Itabirito/MG, Mauro Gohna, Loja do Síndico, Dr. Francisco Reis Bastos; Gina Celeghini, Amaury Guerra, Dante Lapertosa, Dra. Flávia Miglio, Cameratta Lusittana, Eda Costa, Mostra de Música Colonial Latino Americana, Coral Canto Sospeso - Italia, Maurílio Rocha, Haras Dante, Sollar da Lagoa, Ivan Trilha, Mariza Guerra, Armando Brandão, Academia Cultural/ Instituto Orior, Teodomiro Goulart, Erly Hooper, Renato Motha e Patrícia Lobato, Projeto Paralímpico Mattioli, Mattioli Acqua & Fitness, Ricardo Mattioli, Rodrigo Aquino, Wanda Figueiredo de Souza, Adélia Prado, o poeta Thiago de Mello, Banda Carron, Leonardo Mascarenhas, Marcelo Rios, Zebeto Correa, Musical Histórias de um Baleiro, Noemi Gelape, Flávio Henrique, Cia Flamenca Garcia y Lorca, Romeria del Rocio, Pedro Costa, Banda 4th frontier, Rodica, o músico Antonio Carlos de Magalhães, consultor Rodrigo Ventre e Vitadenarium, Mara Furtado Oliveira Jacinto, Manancial de Luz, Talentos Produções, Padre Fábio de Melo, Milton Nascimento, Modelitto (ECOTV -SP - Juliana Jacinto e Flaviana Furtado) Mani Alvares, Celinha Braga Oficina de Música, Circuito VDL de Arte e Cultura , Angello Ribeiro, Victinho Magnólia, IES - Instituto de Estudos da Saude e Gestão Sergio Feitosa, Brigadeiromania BH, Daniella Farias,Tino Gomes, Carona Brasil, Pátio Espanhol, Zé Teixeira, Encontro Minas na MPB, Luciana de Carli, Victor Mascarenhas - Ecoblock (ecomadeira), Thelmo Lins, Wagner Cosse, Raquel Romano - Memória Maria Helena Buzelin, CREA Cultural, Regiane Miciano, Donizeth Anderson, Vicente Rezende, Haras Rancho Dourado, Bemol, Dirceu Cheib, Ricardo Cheib, Leo Brizola, Carlinhos Molduras, Carlos Lucena,Padre Fernando Lopes, Leo Brizola, Bacharéis do Samba, As Formosas, Deputado Federal Antônio Roberto, Caminhantes da Estrada Real, Maria Elvira Salles Ferreira, Cláudio B Dias; Miguel Resende, Museu de Arte da Pampulha, Emília Queiroga, Arleime Fogaça, Weber Lopes e Geovanne Sassá, Uaispeed, Daniel Soares, Rogério Peixoto, Andrea Mansur, Léo Marques, Mário Moita, Academia Mineira de Letras - AML, Chico Lobo, Dudu do Cavaco, Nélio Rodrigues, Iaiá e Márcio Rezende e BHZ Espaço, IDEA Espaço Cultural, Anthonio Escola de Canto, Gladston Galliza, XIV Festival Internacional de Corais & Bandas, Belarmina Bistrô, Daniela Salomão e Nadger Gosling, entre outros.


BLOGS: www.arcorisgerais.blogspot.com - ANO XI
                 www.eficienciaespecial.blogspot.com - ANO VI
                 www.ofemininoemmim.blogspot.com - ANO V