24 de nov de 2015

RESULTADO PRÊMIO CIDADE DE BELO HORIZONTE - LITERATURA

A Fundação Municipal de Cultura divulgou as obras vencedoras do Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte, mais antiga premiação literária do país. A edição deste ano contemplou obras em duas categorias: conto e poesia.  

Na categoria conto, o vencedor foi Ricardo Henrique Hao, de 45 anos, paulista que reside em Marabá - PA, com a obra “Antologia Brutalista”. Segundo o júri, formado por Branca Maria de Paula, João Pombo Barile e Paulo Scott, “o autor é dono de uma linguagem singular, envolvente, densa e elaborada, que constrói, com pulso firme, narrativas refinadas e não panfletárias, que contemplam as contradições do nosso tempo, dialogando com diferentes temas e situações de forma segura e convincente”.

Na categoria poesia, o vencedor foi o belo-horizontino Estêvão Machado Gontijo, de 56 anos, com a obra “O rio no bolso”. De acordo com o júri, formado por Jorge Viveiros de Castro, Ricardo Aleixo e Sérgio Alves Peixoto, a obra é “bem estruturada e bem realizada, conjugando forma e conteúdo com linguagem original e amplo repertório de recursos poéticos”. Cada um deles receberá o prêmio de R$50.000,00 (cinquenta mil reais).

Prêmio de tradição
Criado em 1947, na comemoração do cinquentenário da capital, o Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte é o concurso literário mais antigo do país. Um de seus principais atributos é o fato de o concurso premiar apenas obras inéditas. A cada edição, o Prêmio Cidade de Belo Horizonte contribui para o surgimento de novos escritores e obras. Autores como Carlos Herculano Lopes, Antônio Barreto, Luis Giffoni, Roseana Murray, Maxs Portes, entre outros, integram a galeria de vencedores do concurso. A última edição do Prêmio Cidade de Belo Horizonte recebeu número recorde de inscritos (1712), com a participação de autores de todas as regiões do país e até de brasileiros que moram no exterior.

Nenhum comentário: