15 de set de 2015

IDEA ESPAÇO CULTURAL recebe a paulista Nadia Gotlib, que realiza o workshop “Como ler Clarice Lispector? Literatura e gênero narrativo”

este e outros eventos já têm inscrições abertas
neste novo espaço de Belo Horizonte, que, em breve inaugura sua livraria


Já estão abertas as inscrições para o workshop “Como ler Clarice Lispector? Literatura e gênero narrativo”, que acontecerá de 03 a 24 de outubro, no Auditório Nélida Piñon - IDEA Espaço Cultural (Rua Bernardo Guimarães, 1200 – Funcionários – BH – MG).

Para abordar o inesgotável universo da escritora, IDEA traz à capital mineira uma das maiores autoridades em Clarice Lispector.  Trata-se da mestre, doutora e professora e pesquisadora de literaturas de  Língua Portuguesa da USP,  Nádia Gotlib, autora de vários artigos sobre Clarice e do livro “Clarice Fotobiografia, uma fotobiografia de Clarice Lispector” -  narrativa visual da história de vida e obra de Clarice Lispector, com 800 imagens, na sua grande maioria, inéditas – atualmente na 2ª. edição e a ser editado em espanhol, no México.
Com carga horária de 12 horas, o curso propõe desenvolver quatro tópicos, em quatro sessões (sempre, aos sábados, das 9h às 12h), a saber:
03 de outubro: O conto e a figura dos paradoxos (o conto “Amor”)
                          O conto e a figura da espiral (“A quinta história”)
10 de outubro: Das páginas femininas ao romance (A paixão segundo GH)
17 de outubro: Crônicas de Berna e algumas cartas: a cidade e o caráter nacional suíço
24 de outubro: Produção ficcional e jornalística: ‘guinadas’ estruturais da narrativa e respectivas posturas críticas.

Nádia Gotlib é mestre, doutora e professora livre-docente pela Universidade de São Paulo, onde atuou, desde 1970, como professora e pesquisadora nas áreas de Literatura Portuguesa e Literatura Brasileira. Atualmente é professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa. É pesquisadora Sênior do CNPq. Ministrou cursos e desenvolveu seminários em várias Universidades brasileiras (entre outras, UFMG, PUC-MG, UFCE, UFAL, UnB, UFRJ, PUC-RS, UFRN, UNESP) e em universidades e centros de estudo e pesquisa estrangeiros, tais como Universidade de Oxford (UK), Universidade de Buenos Aires (Argentina), entre outras. Foi coordenadora do ‘GT A mulher na literatura’ da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (ANPOLL). Desenvolveu e continua desenvolvendo atividades de pesquisa junto a várias instituições brasileiras, como a Fundação Casa de Rui Barbosa, no Rio de Janeiro e Biblioteca José Mindlin, em São Paulo. Junto a instituições estrangeiras, trabalhou em museus, bibliotecas, hemerotecas e arquivos de, entre outras cidades, Nápoles (na Itália), Berna (na Suíça), Torkquay (na Inglaterra), Paris (na França), Nova Iorque (Estados Unidos). Foi conferencista convidada de instituições brasileiras federais, estaduais e particulares, além de instituições estrangeiras, como, entre outras, o Museu de Arte Latino-americana, em Buenos Aires (MALBA), Fundação Oriente e Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, AmericanSociety e Universidade de Yale, nos Estados Unidos. Publicou 11 livros, organizou 10 números de periódicos, escreveu mais de 100 artigos e ensaios e participou de dezenas de congressos nacionais e internacionais. Entre seus livros encontra-se Teoria do conto, publicado pela Ática, em São Paulo, em 1985 e atualmente na 12ª edição. Publicou também Tarsila do Amaral, a modernista, pela editora SENAC, em São Paulo, em 1998, atualmente na 3ª reimpressão. E organizou, entre outros livros, com Walnice Nogueira Galvão, o volume  Prezado Senhor, Prezada Senhora. Estudos sobre cartas, publicado pela Companhia das Letras, em São Paulo, em 2000. Publicou vários artigos sobre Clarice Lispector. E sobre essa mesma escritora escreveu Clarice, uma vida que se conta, leitura de vida e obra da escritora, que teve 5 edições em português, pela Ática, em São Paulo e uma sexta edição, revisada e aumentada, pela Edusp, em São Paulo, em 2009. E foi traduzido para o espanhol por Álvaro Abós, em edição da editora argentina Adriana Hidalgo, em 2007. Lançou em abril de 2008, o livro Clarice Fotobiografia, uma fotobiografia de Clarice Lispector, pela Edusp/Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, narrativa visual da história de vida e obra de Clarice Lispector, com 800 imagens, na sua grande maioria, inéditas. (Atualmente na 2ª. edição e a ser editado em espanhol, no México). No momento a professora e pesquisadora prepara a edição dos Diários da Condessa de Barral, em volume a ser publicado em breve. E a edição de Retratos antigos, de Elisa Lispector, a ser publicado pela Editora UFMG, em novembro próximo.

IDEA Palestras apresenta, também, no Auditório Nélida Piñon,  em  23 de setembro, quarta-feira, às 19h,: “Vícios e virtudes da vida contemporânea”. O convidado é o médico e musicista, Dr. João Gabriel Marques Fonseca, Professor adjunto da Faculdade de Medicina (Departamento de Clínica Médica) e da Escola de Música (Departamento de Teoria Geral da Música) da Universidade Federal de Minas Gerais. Fundador e Diretor Geral do SOMMOS - Centro de Promoção da Saúde (BH). Chefe do Serviço de Clínica Médica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Ex-professor da Escola de Música da Universidade Estadual de Minas Gerais. Conferencista e professor de cursos de treinamento gerencial. Autor de dois livros texto e de várias dezenas de artigos em livros e periódicos médicos e musicais, nacionais e internacionais.
A palestra do dia 23 propõe uma análise de algumas das características centrais da vida contemporânea, como: pressa; grande densidade populacional; deterioração da qualidade das relações sociais; modificações no conceito de hierarquia; perda dos limites do público com o privado; inundação tecnológica e de informações; consumo desenfreado; fragilização de valores e instituições e perdas de referenciais existenciais seguros. 
Informações adicionais e inscrições: (31) 33091518 - info@ideacultura.com.br
Dando prosseguimento ao seu compromisso cultural, em breve,  a IDEA inaugura Livraria em sua sede.
VISITE:
IDEA ESPAÇO CULTURAL
A IDEA é lugar privilegiado de troca. “Aqui se estimula o debate entre as diferentes áreas do saber. Aqui se acredita na eficiência do diálogo, usando linguagem clara e metodologia eficaz e facilitadora de apreensão do conhecimento. Além disso, a IDEA é um centro do prazer de pensar, de se expressar e de aprender. A IDEA é um local de debates, palestras, livraria e editora, com intuito de disseminar a cultura, de forma clara e instigante, porém, criteriosamente fiel às obras dos criadores. Em ambiente extra-acadêmico, a IDEA oferece cursos livres e palestras nas áreas de artes, ciências sociais, filosofia, economia, história, música e literatura, reunindo renomados professores e conferencistas. Os cursos, de curta duração, apresentam o diferencial de serem ministrados em pequenos grupos, possibilitando maior troca de ideias e maior interação entre os participantes e os professores.”
Sob a gestão de Maria Inês Marreco,  inaugurada em maio de 2015, IDEA está sediada em um belo casarão, tombado pelo Patrimônio Cultural e, cuidadosamente, adaptado, em seu interior, para a nova finalidade. 
A inauguração aconteceu com um concerto realizado pelo soprano Rosana Orsini e pelo pianista Marco Brescia, em evento com participação da ilustre escritora Nélida Piñon, que dá nome ao auditório.
Graduada em Letras Português/Inglês,especialização em Inglês, Mestre e Doutora em Literaturas de Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e doutora em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Minas Gerais, Maria Inês Marreco é autora de diversos livros e artigos científicos publicados em revistas de literatura no Brasil e no exterior.  É membro do Grupo de Pesquisa Letras de Minas da FALE/UFMG. No ano académico de 2015, Maria Inês Marreco é assistente da Dra. Nélida Piñon na Cátedra José Bonifácio da Universidade de São Paulo. É presidente da Academia Feminina Mineira de Letras, Cadeira nº 16.
Além do evento de inauguração, que contou com a presença do Secretário da Cultura do Estado de Minas Gerais,  Angelo Oswaldo de Araújo Santos,  para além de diversas personalidades da literatura mineira, entre ações realizadas na IDEA, registram-se:  palestra com Denise Damiani, Silvia Lacase e Betania Tanure;  mesa redonda sobre o autismo na infância, por Raquel Cavendish Porto, Juliana Gama Dadalto e Jeissy Conceição Andrade de Paula. A IDEA estabeleceu parcerias com o Instituto Aletria e com a Câmara Mineira do Livro,  para a realização de cursos sobre a arte de contar histórias.
O Auditório Nélida Piñon
O Auditório Nélida Piñón tem a capacidade para 67 pessoas e está equipado com iluminação de palco, tela e projetor para conferências, câmara e microfones para filmagem e gravação fonográfica dos eventos e um piano Yamaha de 1/4 de cauda para concertos de música de câmara. O Espaço oferece a possibilidade do acompanhamento de um técnico durante o evento,  para a operação de todo o equipamento e gravação audio-visual do mesmo. O local está aberto à avaliação de propostas de uso do espaço para produções temáticas afins.
O Espaço Idea abre suas portas para eventos como lançamentos de livros, confraternizações e bate papos com autores em uma ambiente agradável e descontraído.
O objetivo central da IDEA é a promoção das diversas formas de cultura e o estímulo a leitura. Assim foram criadas as Conferências Idea, eventos temáticos com 4 palestrantes convidados para mini palestras (de até 20 minutos) através das quais compartilham suas experiências e ideias em palestras breves e envolventes. Após o evento, um coquetel no Espaço Idea permite a interação entre o publico e todos os palestrantes convidados.

Após as palestras, bate papo com autores e lançamentos de livros,  será possível encontrar as obras dos autores, bem como obras indicadas pelos mesmos sobre os temas abordados na Livraria. Além disso, um acervo que une boa leitura e qualidade estará disponível para aquisição. 

Nenhum comentário: