24 de ago de 2015

BOLSA PAMPULHA - EDITAL ABERTO

Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do Programa Bolsa Pampulha. Serão selecionados 10 artistas/bolsistas, que passarão por um período de residência em Belo Horizonte, acompanhados por críticos, curadores e artistas.
O Bolsa Pampulha acontece desde 2003, e tem como propósito promover e fomentar as artes visuais em Belo Horizonte, contribuindo para o processo formativo e atendendo às necessidades e expectativas da comunidade artística local e nacional, favorecendo a produção artística jovem. Este programa se tornou um celeiro de artistas, projetando diversos profissionais ao cenário nacional e internacional.
Os candidatos devem enviar pelos Correios, ou por serviços de entrega expressa, com Aviso de Recebimento, a ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada, juntamente com todos os documentos solicitados no edital, para o endereço do Museu de Arte da Pampulha.
Informações adicionais, leia o edital:http://ow.ly/QI6jY

18 de ago de 2015

VIOLA BRASIL E CREA MINAS APRESENTAM: CHICO LOBO LANÇAMENTO DO CD CANTIGAS DE VIOLEIRO

no álbum faixas inéditas com participações de Rolando Boldrin e Tavinho Moura

Viola Brasil e CREA Minas apresentam, no dia 20 de agosto, quinta-feira, às 21h, no Teatro Bradesco  (Rua da Bahia 2244, bairro Lourdes – BH/MG), o  espetáculo de lançamento do CD        ‘CANTIGAS DE  VIOLEIRO’, de Chico Lobo, um dos mais ativos violeiros de expressão nacional  no universo da viola. 
Há mais de 30 anos, o artista desempenha  papel de “ponte” – entre o som do interior de MG; do  Brasil e o som contemporâneo. Com projetos literário e musical lançados pela gravadora e editora Kuarup,  agora, presenteia o público mineiro com  este espetáculo inédito, junto à sua banda e participação especial do  Grupo Sarandeiros.
O novo disco que revisita a obra de Chico Lobo, traz faixas inéditas com participações de Rolando Boldrin e Tavinho Moura.

No show de lançamento do CD CANTIGAS DE VIOLEIRO, Chico Lobo é acompanhado por sua  banda, conta com a participação especial do Grupo Sarandeiros e proporciona uma revisita  aos seus 30 anos de estrada, com destaque para a releitura de Cálix Bento, clássico da música  popular brasileira. E “Criação”, música escolhida para compor o repertório e o DVD que celebra os  50 Anos de Carreira de Maria Bethânia. Além de canções inéditas com participações especiais de  Tavinho Moura, Xangai, seu Pai seresteiro Aldo Lobo e o saudoso amigo Pena Branca (com quem  compartilhou palco durante 10 anos com o show em dupla “Encontro de Raízes”).  Este trabalho  faz parte do projeto musical e literário de Chico Lobo que também lança o seu 1º livro  “Conversa de Violeiro – Viola Caipira: Tradição, Mistérios e Crenças de um Instrumento Com a Alma do Brasil”, em parceria com o escritor Fábio Sombra, onde conta causos e histórias  sobre o universo da viola caipira (viola de 10 cordas).  O CD Cantigas de Violeiro  e o livro Conversa de Violeiro, estarão à venda no  Teatro, por ocasião do show, junto à outras obras do artista.

Ingressos: R$30,00 (inteira) R$15,00 (meia entrada), à venda na bilheteria do Teatro, de segunda a sábado, das 12h às 20h; e domingo, das 12h às  19h. Pagamento com cartões de crédito, débito ou dinheiro ou  www.ingresso.com
Informações adicionais: 31 35161360
Classificação: livre
Apoios: Crea Cultural, Xico da Kafua, Kuarup Discos, Ricardo Melo
Produção executiva: Ângela Lopes

17 de ago de 2015

Thiago Pereira, da Fiat/Minas, fala sobre o feito histórico de ser o maior medalhista do Pan, Jogos Olímpicos e Minas

Manhã especial para o nadador Thiago Pereira, da Fiat/Minas. O atleta concedeu entrevista coletiva e falou sobre ter se tornado o maior medalhista da história dos Jogos Pan-americanos, com 23 medalhas no total; sobre as expectativas para os Jogos Olímpicos Rio 2016; sobre o Minas Tênis Clube, que o revelou para a natação; e sobre a disputa do Troféu José Finkel, que é realizado nesta semana, no Pinheiros, em São Paulo.Confira os principais trechos da entrevista com o medalhista olímpico:
Thiago Pereira com as 23 medalhas do Pan e a medalha do Mundial de Kazan/ foto Orlando Bento

Minas Tênis Clube
"O Minas tem feito parte da minha vida por muito tempo, foi o Clube que me revelou para o cenário nacional. Tenho um carinho muito grande, cheguei lá aos 16 anos, ainda menino, então é uma honra estar no Minas. Dos quatro Pans que disputei, o Minas fez parte de três, e agora tem a medalha no Mundial também. Agradeço muito todo apoio do Clube e da Fiat, precisamos muito dessa estrutura e apoiadores para estar aqui hoje".
Recorde de medalhas nos Jogos Pan-americanos
"Foi um ano muito especial para mim. Espero ter motivado muitas crianças e jovens com essa marca, já que represento o nosso País. Ouvia muito que eu não tinha medalha em Mundial, nem dos Jogos Olímpicos, mas o Pan também é muito importante para o Brasil. Os Jogos Olímpicos é uma grandeza muito maior, já que o Pan conta só com os países das Américas, mas, independentemente da competição, conseguir levar a bandeira do País no pódio é uma conquista pessoal maravilhosa. Nosso dia a dia é complicado, dias bons, ruins, todo um aprendizado durante a carreira pra viver um momento muito rápido, segundos e minutos, temos que aproveitar o máximo possível".
Preparação para os Jogos Olímpicos
"Independentemente de ter esse recorde agora, que é uma coisa nova, acho que o grande fato é que nos Jogos Olímpicos não conta muito o passado para os oito finalistas. A gente vai no limite. Em Londres/2012 foi marcante porque todos os meus grandes adversários estavam presentes, foi um gosto mais do que especial. Não tenho nem palavras por ter conseguido superá-los. Sei o quanto vou ter que trabalhar para conquistar uma medalha em 2016. Estou vindo de uma maratona direto, fui para o Canadá, depois para aclimatação em Portugal, depois Kazan, na Rússia, para o Mundial, agora aqui em São Paulo, depois uma clínica no Rio de Janeiro, então vou tirar umas duas semanas para descanso, e depois disso vou discutir com meu técnico e a equipe médica sobre os detalhes para Rio 2016″.
Evolução da seleção brasileira para o Rio 2016
"Tivemos grandes conquistas no feminino, temos ai a Etiene e novos atletas surgindo. Temos muito que evoluir, muita coisa vai vir, e temos que pensar em um todo, mesmo a natação sendo individual. Todos tem os mesmos objetivos, temos que fazer com que a soma dos nossos resultados faça o Brasil vitorioso. Nós, eu e Cielo (também da atleta da Fiat/Minas),  nadadores mais velhos, temos que tentar fazer com que todos se sintam em casa, especialmente os mais novos. Vai ter muita pressão e tudo mais, mas temos que estar preparados. Eu assisti e vi o Gustavo Borges e o Xuxa lado a lado, e isso foi muito importante para mim como atleta, creio que tem que ser igual agora".
Troféu José Finkel 2015
"Começo a minha disputa no Finkel com os 100m borboleta, nesta terça-feira, depois na quarta disputo os 400m medley e na quinta os 200m medley. E ainda temos os revezamentos, que não estão definidos, mas se eu tiver que fazer parte para ajudar na pontuação para o Clube, eu farei". A Fiat/Minas busca o quinto título consecutivo da competição nacional, já que estar no lugar mais alto do pódio desde 2011.

11 de ago de 2015

Gabriela Francisco desfila Choc Color no VIII Proação Fashion Day




foto: Nélio Rodrigues

A jovem modelo Gabriela Francisco integra o casting do VIII Proação Fashion Day, que acontecerá no dia 19 de agosto, quarta-feira, às 20h, no Minascentro - Teatro Topázio.

Gabriela, 12 anos, vem se destacando pelo estilo, diferenciado, suave e pessoal em desfiles e imagens, e, ainda, pela ação social “Fadas do livro” (www.facebook.com/fadasdolivro), idealizada por ela e realizada com três amigas. O projeto que recebeu o troféu Bom Exemplo 2015 leva bate-papo interativo, leitura e livros infanto-juvenis arrecados pelas pré-adolescentes, à comunidades carentes, creches e hospitais.

No dia 19, Gabriela Francisco desfila um modelo exclusivo debutante by ChocColor, que buscou inspiração nas profundezas do oceano para criar a nova coleção. As superfícies dos corais, conchas e pérolas inspiram bordados, detalhes handmade e texturas diferenciadas que dão requinte às peças, conferindo sofisticação e exclusividade à coleção. Nos pés, Júnia Gomes especial para a grife.

O desfile, beneficente a Ong O Proação, que trabalha com a Educação Complementar em prol da inclusão social por meio da promoção de cultura, arte e lazer terá show de Luiza Possi, Toni Garrido e Simoninha e as grifes deste line up irão apresentar suas coleções de verão 2016, sob a direção criativa do estilista Alex Moreira.

Gabriela Francisco por Nélio Rodrigues: https://www.youtube.com/watch?v=4JIWZnwqe_k


CARMEN STEFFENS BH SHOPPING LANÇA COLEÇÃO PRIMAVERA VERÃO 2016

Na noite de lançamento  da Coleção Primavera Verão 2016 by Carmen Steffens, loja BH Shopping, anfitrionada por uma equipe, competente, up e unida, nota mil! 
A miss Minas Gerais, Stefhanie Zanelli, vestiu Alex Moreira e, claro, brilhou seu palmilhar com Carmen Steffens!


































Marcia Francisco,o estilista Alex Moreira, 
a Miss Minas Gerais 2015 Stefhanie Zanelli e Nayra Lellis (MinasCap)


Márcia Francisco e  Stefhanie Zanelli 





 

















A miss  Stefhanie Zanelli entre o  gerente de vendas da CS BH Shopping, Fagner Almeida e  a supervisora de franchising CS, Mari Duque


Na coleção, pautada na riqueza, o dourado é obrigatório. Em design sofisticado e sensual, arrasa! 






















Quer carregar uma obra de arte? Que tal esta bolsa com folhas de couro, recortadas, que se sobrepõem, unidas a cristais, com delicadeza?



O trio de lux, top hit da coleção fica por conta da combinação bolsa+chaveiro+carteira, desenhada sobre piton. Olha o clássico! Trabalhado em pedrarias, no fio exato que mede a elegância!



Esta bolsa já nasceu com dons de exclusividade. Na loja BH Shopping, em noite de lançamento, apenas uma! Será a sua? A imagem fala por si. Pura elegância! 

Carmen Steffens também aposta no luxuoso e combinações elegantes de cores intensas. Dá só uma olhada no que vem por aí:


É selva, é bicho é leão! 



E, também, tem franja. Tem hippie chic. Tem print. Tropical flowers. birds... fortest! 

(texto e fotos by Márcia Francisco, jornalista e escritora)


4 de ago de 2015

Milton Nascimento e Carminho unem a música brasileira ao fado! Show em BH

 Uma das maiores cantoras de fado da nova geração, Carminho, fará dueto com Milton Nascimento, nos dias 18 e 19 de setembro, no Sesc Palladium 


 A música brasileira terá uma pitada de fado durante a apresentação de Milton Nascimento com Carminho. Concebido pelo trio de músicos que sempre acompanha a cantora no Brasil – Alexandre Ito, no contrabaixo acústico, e os irmãos Wilson e Beto Lopes, com violões sete cordas –, o espetáculo mostrará releituras de clássicos de Milton na voz de Carminho, entoada com ainda mais beleza e sofisticação diante da simplicidade direta dos arranjos. 

Na primeira parte do show, Carminho subirá ao palco, ainda sem Milton, para apresentar mais de oito canções do novo disco Canto. Nesse momento, a cantora será acompanhada pela banda composta por Luis Guerreiro (guitarra portuguesa), Marino de Freitas (baixo) e André Silva (percussões). Em sua apresentação, Carminho pretende mostrar ao público brasileiro toda a força da sua interpretação, que fez dela uma das cantoras mais prestigiadas no circuito mundial.

Logo em seguida, será a vez de Milton Nascimento apresentar canções que representam o outro lado do espírito multifacetado do artista, como Sueño con Serpientes – clássico inesquecível escrito pelo cubano Sylvio Rodrigues e presente no disco Sentinela. As novidades ficam por conta de Idolatrada e Dois Irmãos, numa versão surpreendente de Milton para a canção de Chico Buarque.

Após as performances individuais, Milton e Carminho finalizarão juntos o espetáculo, apresentando ao público duetos impressionantes, com suas duas bandas tocando fados históricos e clássicos da MPB. Será uma chance única de assistir duas das vozes mais poderosas da atualidade ao vivo.

Diante de uma obra com mais de 400 músicas gravadas, Milton afirma que será natural a reação de algumas pessoas diante da ausência de certos sucessos. "Por outro lado, acredito que os fãs também vão gostar das músicas que eu não cantava há muito tempo e que agora estão nesse trabalho", disse. Nesse caso, as canções citadas por Milton são as incontestáveis O Cio da Terra e Nada será como antes, eternizada pela voz de Elis Regina, responsável pela famosa frase sobre o amigo: "Se Deus cantasse, seria com a voz de Milton".

Carminho
Com apenas 31 anos, Carminho vem se destacando na cena musical portuguesa nos últimos anos graças ao talento natural para interpretar sons e ritmos típicos do seu país. O fado está presente em sua vida e obra, em composições originais. A relação com o Brasil é intensa na curta carreira da intérprete, que já gravou com nomes como Nana Caymmi, Chico Buarque e o próprio Milton Nascimento. 


Bituca

Desde o Festival Internacional da Canção, de 1967, que Milton Nascimento desponta no cenário mundial como um dos mais importantes músicos brasileiros de todos os tempos. A lista de admiradores de Milton Nascimento é grande. Tom Jobim já declarou que gostaria de ver todas as músicas de sua autoria gravadas por Milton. Na opinião de Paul Simon, “suas melodias são extraordinárias, únicas. Milton Nascimento é provavelmente o maior compositor brasileiro pós-Jobim/Gilberto". Até o ator Antônio Banderas já pediu para conhecer Milton Nascimento. O encontro aconteceu em maio de 2011, em Copacabana. O cantor britânico Joe Cocker, que esteve no Rio de Janeiro para um show no dia 1º de abril de 2012, também pediu um encontro com Milton.
  
Milton Nascimento & Carminho
18 e 19 de setembro (sexta-feira e sábado), às 21h
 Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046 - Centro, BH/MG)
Informações adicionais : (31) 3270-8100
Ingressos: Plateia I – R$240 (inteira) / R$120 (meia)
                  Plateia II – R$220 (inteira) / R$110 (meia)
                  Plateia III – R$200 (inteira) / R$100 (meia)