2 de ago de 2013

O AUTOR NA ACADEMIA


José Murilo de Carvalho é o convidado
da primeira edição do projeto da
ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS

Com o apoio da FIAT, a Academia Mineira de Letras (Rua da Bahia, 1466 - Centro - BH - MG), realiza o evento "O Autor na Academia". O novo presidente da entidade, Olavo Romano, convida para a primeira edição do projeto que acontecerá no dia 7 de agosto, quarta-feira, às 19h e trará o acadêmico, sociólogo e históriador mineiro José Murilo de Carvalho, ocupante da cadeira nº 5, na Academia Brasileira de Letras.
José Murilo vai abordar o tema: "A emergência do povo político no Brasil", focalizado em seu livro "Cidadania no Brasil, o longo caminho", publicado pela Editora Civilização Brasileira.
No livro, lançado em 2001, o autor relata os anos do processo de cidadania no país, focando nos direitos civis, sociais e políticos. José Murilo de Carvalho descreve o processo de independência do Brasil, assim como o significado do voto e o Movimento Sem Terra (MST).
No dia do evento, 100 (cem) exemplares livros estarão à venda pelo preço simbólico de R$5,00 (cinco reais) e o escritor estará disponível para autógrafos.
"O Autor na Academia" tem entrada franca e visa aproximar o público leitor da realidade dos autores, através da Academia Mineira de Letras que abre suas portas para compartilhar cultura  e arte.  Informações adicionais: 3222 5764.
JOSÉ MURILO DE CARVALHO
Biografia
Nascido em 1939 em Piedade do Rio Grande, Minas Gerais, é bacharel em Sociologia e Política pela Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG em 1965, mestre e Ph. D. em Ciência Política pela Universidade de Stanford, em 1969 e 1975, respectivamente. Foi professor da Universidade Federal de Minas Gerais de 1969 a 1978; do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, de 1978 a 1997; professor visitante das universidades de Stanford, Califórnia (Irvine), Notre Dame, Oxford, Londres, Leiden e da École des Hautes Etudes en Sciences Sociales, além de pesquisador do Instituto de Estudos Avançados de Princeton. Atualmente, é professor titular de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É membro da Academia Brasileira de Letras, da Academia Brasileira de Ciências, do Instituto Histórico e Geográfico Bras ileiro e do Pen Clube do Brasil. Publicou 11 livros, dois dos quais traduzidos para o espanhol e um para o francês, e cerca de 100 artigos em revistas acadêmicas do Brasil e do exterior. Entre os livros, listam-se A construção da ordem e Teatro de sombras (Civilização Brasileira, 2003), Os bestializados (Cia. das Letras, 1987),  A formação das almas (Cia. das Letras, 1990),Un théâtre d´ombres: la politique impériale au Brésil (Paris: Maison des Sciences de l´Homme, 1990), La formación de las almas: el imaginario de la República en el Brasil (Quilmes: Universidad Nacional de Quilmes, 1997), Pontos e bordados: escritos de História e Política (UFMG, 1999), e A Cidadania no Brasil: o longo caminho (Civilização Brasileira, 2001); Forças Armadas e política no Bras il (Zahar, 2005), D. Pedro II (São Paulo: Cia. das Letras, 2007.  Recebeu os seguintes prêmios: em 1987, de Melhor Livro em Ciências Sociais concedido pela Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais para Os bestializados; em 1991, Jabuti da Câmara Brasileira do Livro e Banorte de Cultura Brasileira para  A Formação das almas; em 2004, prêmio Casa de las Américas para A cidadania no Brasil: o longo caminho. Possui as medalhas de Santos Dumont, da Inconfidência, de Comendador da Ordem de Rio Branco,  da Ordem Nacional do Mérito Científico, de Honra da Universidade Federal de Minas Gerais, de Rui Barbosa e de Grande Oficial do Mérito Aeronáutico. 

Nenhum comentário: