3 de dez de 2011

25º Festival da Jabuticaba de Sabará















Neste final de semana, 3 e 4 de dezembro, Sabará realiza um de seus mais tradicionais festivais é a 25ª edição do Festival da Jabuticaba. A expectativa é de que mais de 20 mil pessoas, entre visitantes da capital mineira e outros estados para venham participar da festa.
No sábado (3), o evento vai de 10 as 18 horas, e no domingo (4) os portões se abrem as 9 horas com término às 17 horas. Os ingressos são a preço popular de R$ 3,00, sendo que crianças até 12 anos e adultos acima de 65 anos não pagam.
Com uma estrutura arrojada, o evento contará com 31 expositores de derivados da jabuticaba, praça de alimentação coberta com gastronomia típica e barracas da fruta in natura.
Pelo segundo ano consecutivo, a iniciativa privada participa por meio de festins, apresentando pratos especiais utilizando a fruta como acompanhamento. A listagem dos participantes da iniciativa privada encontra-se no site www.turismosabara.com.br.
Estrutura para atender ao turista
Além de poder saborear a fruta, típica do município, quem vier aproveitar o festival poderá usufruir da belíssima paisagem histórica, com suas ladeiras, casarões e igrejas.
Esperando atender ainda melhor que vier a Sabará, a prefeitura tomou todo o cuidado para aprimorar o atendimento ao turista. Para isso, será disponibilizado um posto de recepção para que o visitante encontre informações sobre o andamento do evento antes de chegar ao Centro Histórico. Ele ficará situado na MGT-262, no bairro Sobradinho.
Uma Central de Atendimento ao Turista será montada com os telefones (31) 3672-7690 e (31) 3671-1403. Antes de sair de casa, o turista poderá entrar em contato pelo telefone para saber de todos os detalhes e como está o andamento da festa.
Segundo o prefeito William Borges, essa medida será fundamental para que o turista saiba, antes de continuar o seu deslocamento, como se encontra o festival. “Temos conhecimento de que, em 2008, a fruta havia acabado e os turistas continuavam a chegar buscando o produto, o que ocasionou grande frustração. Trabalhamos para evitar isso, o que conseguimos nas últimas edições”.
Com a recepção, o chefe do Poder Executivo Municipal deseja passar ao visitante a real situação do evento. “Avisaremos se temos ou não os derivados e a fruta. Assim, o turista seguirá caminho sabendo o que encontrará em nosso festival, sem surpresas. Tratar bem quem nos visita é uma obrigação da nossa administração”.
Sabará e a jabuticaba
Sabará é a Terra da Jabuticaba. Típica no Brasil, com maior produção no estado de Minas Gerais, a Jabuticaba encontrou espaço nos quintais das casas de Sabará. A municipalidade incentiva a preservação das jabuticabeiras, através de uma Lei municipal que dá desconto no valor do IPTU para cada árvore plantada em imóvel. Em 2007, o Festival da Jabuticaba foi registrado como Patrimônio Imaterial do município.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS: (31) 3672-7690
(Fonte: Assessoria Prefeitura Sabará)

Nenhum comentário: