22 de out de 2011

13º Festival Internacional de Curtas de BH


 
 
 
 
O  Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte, realizado pela Fundação Clóvis Salgado, acontece até o dia  23 de outubro, com entrada gratuita, no Cine Humberto Mauro e na Sala Juvenal Dias, no Palácio das Artes.

 CLIQUE AQUI E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:
http://www.festcurtasbh.com.br/br/programacao/filmes
Dentre os mais de 2.600 curtas inscritos, de 106 diferentes países (2.100 internacionais e 535 brasileiros), a comissão do Festival em 2011 selecionou 125 curtas, apresentados em três Mostras Competitivas (Internacional, Brasil e Minas) e seis Mostras Especiais (Movimentos de Mundo, Animação Internacional, Doc Brasil, Maldita, Infantil e Juventude).
Nas Mostras Competitivas (Internacional, Brasil e Minas), 66 filmes concorrem à premiação de dois mil reais, que será dada a três filmes das mostras Internacional e Brasil, e a um filme da mostra Minas. Críticos, curadores, e jurados internacionais compõem o júri que escolhe os vencedores. Além destes, também será dada uma premiação de dois mil reais ao melhor filme do Festival, escolhido por voto popular (o público receberá cédulas no início de cada sessão para dar sua nota ao filme assistido).
Todos os filmes selecionados para exibição no Festival deste ano foram produzidos em 2010 ou 2011, com no máximo 30 minutos de duração. Nesta edição, os países com maior número de inscrições foram França, Alemanha, Espanha, Estados Unidos e Inglaterra. Entre os brasileiros, os estados com mais filmes inscritos foram São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará, Bahia e Paraná.
Novidade nesta edição, a Mostra Competitiva Minas é realizada com o intuito de valorizar a produção do Estado. Outra novidade deste ano é a Mostra Juventude, com programas voltados para jovens a partir de 12 e 14 anos.


















La Boheme






De 20 a 29 de outubro, o Grande Teatro do Palácio das Artes recebe La Bohème, de Giacomo Puccini, baseada na novela “Scènes de la Vie de Bohème”, de Henry Murger. Trata-se de uma das óperas mais populares de todos os tempos e esta é a terceira vez que a montagem é produzida em Belo Horizonte (1981 e em 1996), pela Secretaria de Estado de Cultura (Governo do Estado de Minas Gerais), por meio da Fundação Clóvis Salgado.
O espetáculo tem direção musical e regência do maestro Roberto Tibiriçá, como regisseur Luiz Aguiar. Henrique Passini ficou por conta da encenação, Marcelo Cordeiro assina a assistência de direção. O cenário está sendo criado por Fernando Maculan e Rafael Yanni, os figurinos são de William Rausch, e a iluminação de Pedro Pederneiras.
Solistas de diferentes Estados e países foram convidados: Rosana Lamosa (RJ), Mariana Ortiz (Venezuela), César Gutiérrez (Colômbia), Marcos Paulo (RJ), Fabíola Protzner (MG), Leonardo Neiva (SP), Ariel Cazes (Uruguai) e Pedro Ometto (SP). Além de um grande elenco, a ópera contará com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, o Coral Infantojuvenil Palácio das Artes, Coral Lírico de Minas Gerais e a Cia. de Dança Palácio das Artes.
Esta é mais uma produção da Fundação Clóvis Salgado que ao longo dos seus 40 anos de história, já realizou mais de 50 montagens de óperas de compositores como Verdi, Rossini, Villa- Lobos, Puccini, Mozart e Strauss, com sucesso de público e crítica. Parte das produções foi preservada e encontra-se disponível para possíveis remontagens, cenários, figurinos e adereços.
A ópera:
Com quatro atos, La Bohème estreou no Teatro Regio de Turim em 1º de fevereiro de 1896, sob a regência de Arturo Toscanini. A história acontece em Paris, na véspera do natal e o enredo se desenvolve a partir do encontro de um poeta, Rodolfo e uma florista, Mimi. La Bohème é um exemplo de uma ópera proletária, já que até a época em que Puccini a compôs, quase todos os personagens de ópera tinham sido reis, príncipes, nobres, guerreiros, deuses ou heróis da mitologia grega.
Os personagens "Mimi" e "Rodolfo" serão interpretados por 2 solistas, confiram os dias de cada um:
Personagem Mimi
Rosana Lamosa - Récitas dos dias 20, 23, 26, 29
Mariana Ortiz dias - Récitas dos dias 22, 25, 28
Personagem Rodolfo
César Gutierrez - Récitas dos dias 20, 23, 26, 29
Marcos Paulo - Récitas dos dias 22, 25, 28
La Bohème de Giacomo Puccini

20, 22, 23, 25, 26, 28 e 29 de outubro
20h30 (dia 23/10, a apresentação será às 18h30)
Grande Teatro do Palácio das Artes
Valor: plateias I, II e superior: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (*meia-entrada)
Duração: 2h45

Nenhum comentário: