11 de mai de 2011

ROSAS PARA NOEL
















No próximo dia 14 de maio (sábado), o cantor Wagner Cosse e o violonista e arranjador Geraldo Vianna lançam o CD “Rosas para Noel”, com show no Teatro Santo Agostinho, às 20:30 horas. O CD “Rosas para Noel” foi gravado ao vivo em dezembro do ano passado, no mesmo teatro, por ocasião do Centenário de nascimento do “Poeta da Vila”, Noel Rosa. Informações e ingressos: 2125-6810 e http://www.teatrosantoagostinhobh.com.br/
O repertório traz clássicos da Música Popular Brasileira como “Com que roupa?”, “Palpite infeliz”, “Último desejo”, “Três apitos” e “Dama do cabaré”, entre ouros, além de pérolas menos conhecidas do público como “Eu sei sofrer”, “Mentir (Mentira necessária)” e “Quando o samba acabou”. Constam ainda, no repertório, as canções “João Ninguém” e “Seja breve”, que o compositor lançou em Belo Horizonte, quando esteve na cidade em 1934 para tentar a cura da tuberculose.
Primeiro CD solo de Wagner Cosse, o disco teve repertório pesquisado pelo cantor a pedido do selo Gvianna, para lançamento dentro da série “Convite”, idealizado pelo produtor, arranjador e violonista Geraldo Vianna (também autor dos arranjos e diretor musical do disco). Durante quase uma hora os artistas apresentam obras criadas exclusivamente por Noel Rosa, sem parcerias.
Wagner Cosse é cantor, dançarino, folclorista, produtor cultural e jornalista. Nascido em Belo Horizonte (MG), começou a cantar profissionalmente ainda na infância, em programas de TV. Na década de 80, atuou como vocalista de bandas de música e trabalhou com Oswaldo Montenegro. Em 1999, gravou seu primeiro disco, Nada Será Como Antes – Canções do Clube da Esquina. Atuou em espetáculos musicais no teatro e realizou várias turnês como cantor e produtor. Em 2006, lançou o show e CD Cânticos (poemas de Cecília Meireles musicados por Fatima Guedes) com o cantor Thelmo Lins. Neste trabalho, gravou um dueto com Nana Caymmi. Atua há mais de vinte anos como cantor e dançarino do Grupo Folclórico Aruanda, onde, desde março de 2009, exerce também a função de diretor artístico.
Geraldo Vianna atua há 27 anos no mercado fonográfico como violonista, arranjador e produtor musical. Em sua carreira, produziu cerca de duas centenas de CDs e DVDs de artistas de destaque no cenário musical brasileiro.
Nesse período, trabalhou com as principais gravadoras do país, entre elas Movieplay, Eldorado, Velas, Empowerment e vários selos independentes. Produziu e fez arranjos para vários artistas mineiros. Atuou também como diretor musical em shows e produziu trilhas para vídeo e cinema.
Como arranjador e orquestrador, participou das trilhas musicais dos filmes: "Amor e cia" de Helvécio Ratton e "O tronco" de João Batista de Andrade.
Há três anos Geraldo Vianna está à frente da Gvianna Produções Culturais, onde produz e grava CDs e DVDs, além de desenvolver trabalhos de pesquisa e vários projetos de cunho cultural e de interesse da classe artística.
Com uma crescente atuação no mercado nacional a empresa incorporou o catálogo do músico e se lança agora como selo musical com propostas de ampliação e de divulgação da música instrumental e vocal desenvolvida em Minas Gerais. (FOTO: THELMO LINS)

Nenhum comentário: